28 de fevereiro de 2024
Aparecida de Goiânia

Em clima de fim de ano, Prefeitura coloca R$ 100 milhões na economia de Aparecida com pagamento de servidores

Centro Administrativo de Aparecida de Goiânia (Foto: Divulgação)
Centro Administrativo de Aparecida de Goiânia (Foto: Divulgação)

Em clima de fim de ano, a Prefeitura de Aparecida injeta R$ 100 milhões na economia da cidade ao efetuar o pagamento de três folhas salariais em um período de 30 dias. No último dia 25, os servidores de forma antecipada, receberam o salário de novembro. Dez dias após, no dia 4 de dezembro, foi pago o 13º salário integralmente a todos os trabalhadores municipais e agora, no dia 20, será pago o salário antecipado do mês de dezembro.

O secretário da Fazenda de Aparecida de Goiânia, André Luis Rosa destaca que o pagamento de três folhas em 30 dias, todas de forma integral, vem sendo cumprido desde o início da gestão do prefeito Gustavo Mendanha, e é possível devido a cidade manter boa gestão fiscal.

LEIA TAMBÉM: Dois casos da variante ômicron são identificados em Aparecida de Goiânia

“Durante toda a gestão o pagamento da folha dos nossos servidores e fornecedores é feito dentro do mês trabalhado, sem qualquer atraso. Cumprimos esse compromisso financeiro, pois sempre mantivemos uma saúde fiscal positiva, sem sobressaltos. Este é o resultado de um trabalho responsável ao longo desses quatro anos, o que favorece também investimentos futuros. E desta forma, os funcionários podem programar as contas e comprar presentes de fim de ano, movimentando a economia da cidade”, destacou o secretário.

O pagamento em dia, segundo o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, além de ser fruto do trabalho focado na responsabilidade fiscal também significa respeito aos milhares de trabalhadores que compõem toda administração e ajudam diariamente no desenvolvimento da cidade.

“A valorização dos servidores é uma marca da nossa gestão e, claro, com essas três folhas pagas em menos de 30 dias vamos com certeza impulsionar a economia de Aparecida. E é recomendado que, na medida do possível, todos façam suas compras na cidade para ajudar o nosso comércio local, gerando emprego e renda para toda a população, principalmente neste momento de retomada da economia”, frisou.

Gustavo Mendanha lembra que 2020 e parte de 2021 foram atípicos para Aparecida devido a pandemia, mas reforça que a administração municipal não parou. “Com responsabilidade e disciplina, finalizamos 2020 e estamos finalizando 2021, honrando os compromissos com servidores e fornecedores e fazendo os investimentos necessários em obras que beneficiam diretamente a população. Atuamos durante todo este ano focados em melhorar o atendimento da nossa saúde e não colapsar o sistema”, pontuou o gestor municipal que completa.

“Todas as decisões tomadas desde o mês de março de 2020 e também no momento da segunda onda no início deste ano, nos ajudaram a salvar vidas e não prejudicar a economia e o emprego da população”.

O secretário municipal da Fazenda de Aparecida de Goiânia, André Luís Rosa, explica ainda que a pontualidade de pagamento nesses quatro anos da gestão municipal e o cronograma de fim de ano fazem parte de um conjunto de fatores, como equilíbrio das contas públicas e valorização do servidor. 

“É um esforço que a prefeitura faz para valorizar o seu trabalhador e dando condições para que ele tenha um final de ano feliz. Além disso, temos hoje uma saúde fiscal que nos dá condições de pagar três folhas em menos de um mês. Nossa expectativa é de que todo esse recurso seja injetado no nosso comércio local, minimizando os efeitos da pandemia que ainda vem assolando a cidade”, sublinhou.


Leia mais sobre: Aparecida de Goiânia