24 de maio de 2024
Saúde • atualizado em 08/04/2024 às 12:15

Governo federal lança nova política para reduzir espera por tratamentos no SUS

Política amplia a assistência na atenção primária, aprimora o acesso a especialistas e traz novas potencialidades de telessaúde com o SUS Digital
Segundo o Governo, novo programa vai permitir um diagnóstico mais ágil e o tratamento adequado. (Foto: Divulgação).
Segundo o Governo, novo programa vai permitir um diagnóstico mais ágil e o tratamento adequado. (Foto: Divulgação).

Na manhã desta segunda-feira (8), o Governo Federal lança o ‘Mais Acesso a Especialistas’, iniciativa que busca reduzir o tempo de espera por cirurgias, exames e tratamentos no Sistema Único de Saúde (SUS). O evento contará com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ministra da Saúde, Nísia Trindade.

A ideia é que a nova política passe a oferecer outras possibilidades de encaminhamento de exames, reduzindo o tempo de espera, buscando o paciente quando for necessário que ele se trate sem demora e, até mesmo, quando possível, garantindo atendimento na Atenção Primária, por telessaúde. Conforme o governo, o novo programa vai permitir um diagnóstico mais ágil e o tratamento adequado.

O novo modelo concentra a atenção no paciente e em suas necessidades, reduz a quantidade de lugares que ele precisa ir e integra exames, consultas e acompanhamento da saúde durante o processo. As Equipes de Saúde da Família, nas Unidades Básicas de Saúde, perto da casa das pessoas, terão o cadastro de pacientes revisado, para que atendam com qualidade, criando vínculo com os pacientes e fazendo um acompanhamento territorial, focado nas particularidades de cada região do país.

SUS Digital

O evento de lançamento do ‘Mais Acesso a Especialistas’ também vai enfatizar o SUS Digital. A meta é permitir que cada cidadão e profissional de saúde possa monitorar o ciclo de cuidado do SUS por meio de tecnologias como o aplicativo ‘Meu SUS Digital’.

As funcionalidades do aplicativo estão sendo aprimoradas e hoje o cidadão já consegue emitir a carteira de vacinação completa, o documento para retirada de absorventes pelo Farmácia Popular e acompanhar em tempo real a fila de transplantes. A ferramenta soma mais de 49 milhões de downloads, o primeiro lugar entre aplicativos de governo mais baixados.


Leia mais sobre: / / / Brasil / Saúde

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019