26 de maio de 2024
Alta médica

Wolmir Amado recebe alta após passar por duas cirurgias na Santa Casa de Goiânia

O ex-reitor da Puc Goiás fraturou os dois braços e levou um corte na cabeça
Professor Wolmir Amado (Foto: Divulgação/Assessoria)
Professor Wolmir Amado (Foto: Divulgação/Assessoria)

O professor e ex-candidato ao governo de Goiás nas eleições 2022 pelo PT, Wolmir Amado, recebeu alta médica neste domingo (15) depois de passar por duas cirurgias na Santa Casa de Misericórdia de Goiânia. Ele deve Wolmir deve ficar um mês com os braços engessados e, após a retirada do gesso, vai iniciar a fisioterapia. O ex-reitor da Puc Goiás sofreu um grave acidente em um rio do Rio Grande do Sul, no último domingo (8) fraturando os dois braços e levando um corte na cabeça.

As cirurgias ocorreram às 13h de sexta-feira e às 8h de sábado, sob a supervisão do cirurgião Ricardo Pereira da Silva, ortopedista especialista em cirurgia de mão e microcirurgia, que também participou da cirurgia de separação das gêmeas siamesas, nesta semana.

Uma ressonância de crânio feita pelo ortopedista José Alcino Rabelo apontou parâmetros normais e, portanto, nenhuma intervenção cirúrgica deverá ser feita por conta do corte na cabeça. Wolmir Amado deve receber curativos nos 9 pontos que foram necessários ser feitos no corte.

Acidente

Wolmir Amado sofreu um acidente no último domingo por volta das 15 horas, enquanto visitava o Rio Espraiado, em Paim Filho, no Rio Grande do Sul, cidade natal de Wolmir Amado.

O rio estava bastante raso, cerca de 30 centímetros e Wolmir Amado estava com calçado antiderrapante. No entanto, quando atravessava uma região de pedra sabão com lodo, Wolmir escorregou um dos pés e, quando ia cair de costas, esticou os braços e o corpo se curvou pra frente. Ele acabou caindo, batendo a cabeça, fazendo um corte profundo e quebrando os dois braços, tendo muitas fraturas no punho.

Ele foi levado prontamente, consciente, ao hospital da cidade, onde levou 9 pontos na cabeça. Em outro hospital, em uma cidade vizinha, foram diagnosticadas as fraturas nos braços. Imediatamente, a família retornou de avião com Wolmir Amado para Goiânia.

Na quinta-feira (12), Wolmir Amado se submeteu a exames que detectaram uma lesão periférica na cabeça, sem gravidade.

Mais uma vez a família e os amigos agradecem a proteção divina e às preces de todos os amigos e da população de Goiás que tem mandado mensagens de força e carinho.


Leia mais sobre: / / / / Cidades

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.