O AliExpress não aplicará impostos em pedidos que não ultrapassem US$ 50.

Foto: Reprodução/ Internet

O AliExpress, um marketplace chinês, aderiu ao programa do governo para encomendas abaixo de US$ 50.

Foto: Reprodução/ Internet

Isso significa que encomendas dentro desse limite não serão mais taxadas com o imposto de importação de 60%.

Foto: Reprodução/ Internet

O governo implementou as regras através do programa Remessa Conforme, alterando a taxação de compras online de lojas estrangeiras.

Foto: Reprodução/ Internet

A adesão ao programa é voluntária e inclui a obrigação de informar os impostos no momento da compra.

Foto: Reprodução/ Internet

A medida também tem potencial para acelerar a entrega das mercadorias, reduzindo o tempo de espera.

Foto: Reprodução/ Internet

Os consumidores que ultrapassarem o limite de US$ 50 podem decidir por devolver o produto ou pagar o imposto de importação por meio dos Correios.

Foto: Reprodução/ Internet

As mudanças visam facilitar as compras online e reduzir a tributação para compras de baixo valor.

Foto: Reprodução/ Internet

Criação:  Aléxia Silveira Imagens:  Divulgação