Na Justiça, filhas de Gugu têm derrota para irmão e tia.

Foto: Reprodução/ Internet

Foto: Reprodução/ Internet

As gêmeas queriam mudar os números da divisão, tirando dos sobrinhos os 25% da herança deixados pelo apresentador.

Foto: Reprodução/ Internet

Marina e Sofia Liberato, filhas gêmeas do apresentador Gugu Liberato (1959–2019), perderam a ação para o irmão, João Augusto, e a tia, Aparecida Liberato.

Foto: Reprodução/ Internet

Elas queriam mudar os números da divisão da herança, tirando dos sobrinhos os 25% do total deixado pelo comunicador, que morreu em um acidente doméstico em Orlando (EUA).

Foto: Reprodução/ Internet

O irmão e a tia queriam manter a vontade do apresentador. Não cabe mais recurso. A decisão, unânime, é do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Foto: Reprodução/ Internet

A decisão negou o pedido das recorridas de excluir a legítima, alterando as disposições testamentárias para 75% aos herdeiros necessários e 25% aos sobrinhos.

Foto: Reprodução/ Internet

O STJ declarou como válido o testamento que Gugu Liberato deixou.

Foto: Reprodução/ Internet

Como Rose não tinha sido mencionada nesse documento, a Justiça não a reconheceu como uma das herdeiras dele.

Criação:  Naischa Campos Imagens:  Divulgação