Fonte de energia inovadora para missões espaciais prolongadas na Lua.

Foto: Reprodução/ Internet

Cientistas criaram células de combustível nuclear do tamanho de sementes de papoula para fornecer energia para astronautas na Lua.

Foto: Reprodução/ Internet

O Programa Artemis, liderado pela Nasa, elabora para estabelecer um posto avançado lunar por volta de 2030.

Foto: Reprodução/ Internet

A Universidade de Bangor desenvolveu a tecnologia e trabalha com parceiros, incluindo a Rolls Royce e a Nasa.

Foto: Reprodução/ Internet

As células de combustível, chamadas Trisofuel, podem ser usadas em microgeradores nucleares, tornando-os portáteis e adequados para missões lunares.

Foto: Reprodução/ Internet

Essa inovação poderia encurtar o tempo de viagem para Marte de meses para semanas.

Foto: Reprodução/ Internet

A tecnologia tem aplicações potenciais em situações de desastre na Terra e para impulsionar foguetes.

Foto: Reprodução/ Internet

Foto: Reprodução/ Internet

Prevê-se que bases lunares sejam estabelecidas na década de 2030, lideradas por China e EUA.

Criação:  Aléxia Silveira Imagens:  Divulgação