Estágio de foguete russo deixa marca no céu do sul do Brasil.

Foto: Reprodução/ Internet

Foto: Reprodução/ Internet

Rastro luminoso no céu do sul do Brasil é resultado da reentrada de estágio de foguete Soyuz russo.

Foto: Reprodução/ Internet

Câmeras únicos do Brazilian Meteor Observation Network (Bramon) tiraram o rastro luminoso no céu do Rio Grande do Sul.

Foto: Reprodução/ Internet

O rastro luminoso foi observado se deslocando lentamente no céu, diferentemente dos meteoros que são mais rápidos.

Foto: Reprodução/ Internet

O Observatório Espacial Heller & Jung registrou o evento, que se destacou nas redes sociais.

Foto: Reprodução/ Internet

O rastro luminoso é proveniente da reentrada do estágio superior do foguete Soyuz lançado do Cazaquistão.

Foto: Reprodução/ Internet

O lançamento ocorreu no Cosmódromo de Baikonur, transportando suprimentos para a Estação Espacial Internacional.

Foto: Reprodução/ Internet

Lixo espacial, incluindo satélites inoperantes, permanece em órbita e pode reentrar na atmosfera ao longo do tempo.

Criação:  Aléxia Silveira Imagens:  Divulgação