Desvende os segredos por trás do sono inquieto.

Foto: Reprodução/ Internet

Relatório da Calm revela impacto da falta de sono na saúde mental (78%).

Foto: Reprodução/ Internet

Dois terços dos adultos não alcançam sete horas de sono por noite.

Foto: Reprodução/ Internet

Mais da metade busca auxílio para dormir, indicando um desafio generalizado.

Foto: Reprodução/ Internet

Millennials apontam cafeína como principal perturbador do sono (25%).

Foto: Reprodução/ Internet

Geração Z atribui insônia a eventos atuais, representando 38% do grupo.

Foto: Reprodução/ Internet

Estresse diário afeta 30% dos adultos, refletindo nos sonhos noturnos.

Foto: Reprodução/ Internet

Foto: Reprodução/ Internet

Problemas financeiros são o triplo mais simples que preocupações familiares ou de relacionamento na causa da perda de sono.

Criação:  Aléxia Silveira Imagens:  Divulgação