A França busca a proibição de cigarros eletrônicos descartáveis.

Foto: Reprodução/ Internet

Foto: Reprodução/ Internet

Citando preocupações com o tabagismo entre os jovens, França alega proibir os cigarros eletrônicos.

Foto: Reprodução/ Internet

A primeira-ministra Élisabeth Borne afirmou que esses dispositivos serão proibidos em breve devido à formação de maus hábitos entre os jovens.

Foto: Reprodução/ Internet

Os cigarros eletrônicos descartáveis, conhecidos como "puff", atraem adolescentes com sabores doces e embalagens coloridas.

Foto: Reprodução/ Internet

A primeira-ministra também anunciou um novo plano nacional contra o tabagismo, destacando as 75.000 mortes anuais causadas pelo tabaco.

Foto: Reprodução/ Internet

Ela mencionou que os impostos sobre o tabaco não aumentarão em breve, mas o governo permanecerá atento ao consumo.

Foto: Reprodução/ Internet

Médicos e defensores do meio ambiente lançaram uma petição pedindo a proibição dos cigarros eletrônicos descartáveis devido às preocupações ambientais.

Foto: Reprodução/ Internet

A França está adiantando o cronograma da União Europeia, que exigirá baterias substituíveis em dispositivos eletrônicos a partir de 2026.

Criação:  Vinicius Jordan Imagens:  Divulgação