13 de junho de 2024
Sem citar nomes • atualizado em 14/07/2023 às 15:26

“Vocês conheceram o que é o fascismo e o nazismo em 4 anos”, diz Lula em congresso da UNE

Presidente discursou no evento estudantil acompanhado por Pepe Mujica ex-presidente do Uruguai, e por ministros do governo federal
Presidente Lula (PT) discursa a estudantes durante congresso da UNE. Foto: Ricardo Stuckert
Presidente Lula (PT) discursa a estudantes durante congresso da UNE. Foto: Ricardo Stuckert

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou, na noite desta quinta-feira (13), em Brasília, do 59º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE) considerado o maior encontro de estudantes da América Latina. Ao discursar em defesa da democracia, o mandatário afirmou, sem citar o nome do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que o país conheceu o que é o fascismo e o nazismo em 4 anos.

“Há muito pouco tempo, vocês conheceram o que é o fascismo, o nazismo, apenas em 4 anos. Como é que se pode destruir a democracia e as conquistas que a gente, às vezes, leva séculos para conquistar? Espero que tenhamos aprendido uma lição, a de que a democracia pode não ser a coisa mais perfeita que humanidade criou, mas não tem nada igual a ela. É na democracia que a gente pode viver a pluralidade, a diversidade, que a gente pode aplaudir, a gente pode vaiar, a gente pode gritar e a gente pode contestar. É na democracia que a gente vive a plenitude da manifestação do ser humano”, disse o presidente aos milhares de estudantes que assistiam ao seu discurso.

Na ocasião, Lula foi acompanhado pelo ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica e por ministros do governo federal, a exemplo do ministro da Educação, Camilo Santana. Mujica, que foi preso político por 14 anos na ditadura uruguaia, pediu aos estudantes que busquem a unidade para defender a democracia.

“Não cometam o erro do meu tempo. Quanto mais desunidos, mais dominados vamos estar. Portanto, estudar, não perder tempo, cuidar da democracia. A democracia não é perfeita, está cheia de defeitos. Mas, até hoje, não encontramos nada melhor”, disse o ex-presidente uruguaio.

No congresso da UNE, Lula recebe reivindicações de estudantes

Durante o congresso da UNE, Lula prometeu ao público presente ampliar o número de universidades e outras instituições de ensino no país.

“Nós vamos voltar a fazer mais universidades, a fazer mais escolas técnicas, mais laboratórios, vamos nos reunir com reitores e com os estudantes, vamos outra vez colocar o pobre no orçamento da União”, garantiu.

O presidente recebeu de representantes das entidades estudantis uma carta com uma série de reivindicações, como a manutenção da política de cotas, a ampliação do direito de acesso para indígenas e pessoas trans, a criação da Universidade de Integração da Amazônia e a aprovação de uma lei para instituir o Programa Nacional de Assistência Estudantil.

A UNE também reiterou no documento, o pedido para que o governo revogue o Novo Ensino Médio, demanda repetida diversas vezes pelos estudantes que gritavam palavras de ordem e chegaram a vaiar o ministro da Educação. O congresso segue na capital federal até o próximo domingo (16), com a expectativa de reunir aproximadamente 10 mil participantes.

* Com informações da Agência Brasil.


Leia mais sobre: / / Brasil

Vinicius Martins

Jornalista por formação com MBA em Marketing e Estratégia Digital.