15 de junho de 2024
Cidades

VLT: tarifa terá custo adicional bancado pelo governo de Goiás

A integração do sistema de transporte coletivo da região metropolitana de Goiânia não permitirá que a tarifa do futuro VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), no eixo Anhanguera, seja maior que a atual (hoje, a R$2,70).

No entanto, haverá uma diferença de custo, para remunerar os investimento da empresa que ganhar a licitação de construção do VLT, que será subsidiado pelo governo de Goiás. O valor, hoje, equivale a R$5 milhões por ano, segundo Carlos Maranhão, presidente do Grupo Executivo de Implantação do VLT.

Confira a explicação dada por Maranhão ao jornal Realidade, da Vinha FM, em entrevista a Altair Tavares

{youtube}6KiZkEU8_7k{/youtube}


Leia mais sobre: Cidades

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .