15 de julho de 2024
Contra o feminicídio • atualizado em 10/03/2024 às 17:29

Violência doméstica: saiba como acionar rede de proteção às mulheres em Goiânia

A Prefeitura de Goiânia dispobiliza à população canais de denúncia e apoio às mulheres em situação de violência
Os canais de denúncia funcionam gratuitamente, 24 horas por dia. Foto: Reprodução
Os canais de denúncia funcionam gratuitamente, 24 horas por dia. Foto: Reprodução

Com objetivo de garantir a proteção às mulheres e combater o feminicídio na capital, a Prefeitura de Goiânia disponibiliza canais de denúncia e apoio à mulher. As centrais de atendimento funcionam 24 horas e podem ser acionadas gratuitamente em casos de violência física ou qualquer tipo de abuso contra a mulher. A ação visa combater o feminicídio e reduzir os crimes de violência doméstica.

A iniciativa conta com o Disque 180 – Central de Atendimento à Mulher, 190 da Patrulha Maria da Penha e 153 da Patrulha Mulher Mais Segura, iniciativa da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Goiânia. Todas as centrais integram a rede de proteção e atendimento às mulheres em situação de violência.

A Prefeitura de Goiânia também criou a Patrulha Mulher Mais Segura da GCM Goiânia, que atua na fiscalização das medidas protetivas e auxílio às mulheres para que rompam o ciclo da violência, por meio de visitas contínuas das equipes especializadas. Outra ferramenta é o Botão de Pânico, que permite que a mulher resguardada por medida protetiva acione o aplicativo Prefeitura 24h, que direciona, via GPS, equipes de segurança, caso o agressor desrespeite ação judicial.

Para mulheres que enfrentam situações de violência doméstica e algum tipo de perseguição ou abuso físico e emocional, a porta de entrada para solicitar medida protetiva é se dirigir a uma delegacia de atendimento à mulher. Em caso de flagrante emergencial, é possível entrar em contato via 153, Central da GCM, para solicitar a viatura mais próxima.

Confira abaixo os canais de atendimento:

Disque 180 – Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – O serviço é gratuito e confidencial (preserva o anonimato), funciona 24h todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados, e pode ser acionada de qualquer lugar do Brasil.

153 – Mulher Mais Segura – Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Goiânia

190 – Patrulha Maria da Penha (Polícia Militar)

Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher – 1ª DEAM (Região Central) Endereço:Rua 24, nº 203, Quadra 49, Lote 27, Centro – Fones: 3201-2801 / 2802 / 2807 / 2818 / 2820. E-mail: [email protected]

Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher – 2ª DEAM (Região Noroeste) Endereço: Avenida do Povo com Rua E, Quadra 10, Lote 101, Jardim Curitiba-II – Fones: 3201-6344 / 3201-6332 /3201- 6331 E-mail: [email protected]


Leia mais sobre: / / / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.