27 de junho de 2022
Diário de Goiás

Vigilante Penitenciário Temporário rejeita oferta de propina feita por preso da UP de Jaraguá

Um Vigilante Penitenciário Temporário (VPT), de 19 anos, plantonista na Unidade Prisional (UP) de Jaraguá, negou propina oferecida por um dos detentos do presídio, nesta quarta-feira, 30. O servidor, que há 9 meses trabalha no local, recusou a tentativa de suborno e avisou a direção para as providências cabíveis.

De acordo com o Supervisor de Segurança, Silas Antônio, o fato ocorreu no momento em que o vigilante realizava procedimentos operacionais de rotina, quando foi chamado insistentemente pelo preso, que lhe propôs dinheiro para que facilitasse a entrada de um aparelho celular.

Diante de tal fato, a direção do local foi informada sobre o ocorrido, momento em que o detento foi conduzido à Delegacia local da Polícia Civil para as devidas providências.

Continua após a publicidade

A direção da UP abriu procedimentos administrativos internos para apuração do ocorrido na unidade pertencente à 7ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) e, após averiguações, serão aplicadas, ao detento, as sanções disciplinares cabíveis em lei.