29 de maio de 2024
Destaque 2 • atualizado em 07/04/2021 às 17:51

Vice-governador busca restaurar aeroporto em Crixás

O objetivo do vice-governador é permitir que o aeroporto funcione integralmente. Foto: divulgação/governo de Goiás.
O objetivo do vice-governador é permitir que o aeroporto funcione integralmente. Foto: divulgação/governo de Goiás.

O vice-governador Lincoln Tejota esteve no aeroporto de Crixás, nesta quarta-feira (7), ao lado do presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Pedro Sales.

No local, eles se reuniram com o prefeito de Crixás, Carlos Seixo; vice-prefeito, Tiago Dietz; prefeito de Uirapuru, Elivan Carreiro; vereadores e representantes da mineradora AngloGold Ashanti, Carlos Paraizo e Rogério Carvalho, e da empresa Servitec, Genésio Ferreira, para tratar da parceria para restauração do aeroporto local.

De acordo com Tejoa, esta vai beneficiar toda a região norte, pois será possível criar um ponto de integração aeroviária, melhorando a infraestrutura de transporte da região.

Com a finalidade de tornar o funcionamento do aeroporto em período integral e criar um terminal de passageiros, a prefeitura de Crixás cedeu o aeroporto à Goinfra, o que torna a agência responsável pela gestão do local e viabiliza a aplicação de recursos estaduais. Desta maneira, as conversas do estado com a inciativa privada serão iniciadas e, com isso, podendo acelera os investimentos e parcerias com o capital privado.

Segunda a Goinfra, há previsão de investimentos de R$ 1 milhão na obra, que deve contar com a construção de uma nova pista de pouso e decolagem, taxiway, pátio de aeronaves, estacionamento, trevo de acesso, alambrado em todo
perímetro, indicador horizontal de vento e terraplenagem.

O vice-governador destacou a importância de parcerias em obras, pois assim é possível chegar a resultados que beneficiam a população local.


“Nada duradouro é feito de forma isolada. Eu acredito nas parcerias como forma de obtermos sucesso nas entregas que a população espera de nós. Momentos difíceis exigem soluções inteligentes”, disse.

A mesma empresa que participa dessa parceria do aeroporto, também já tem elo com o estado de Goiás em outros projeto. A mineradora Serra Grande, unidade da AngloGold Ashanti, em Crixás, se comprometeu em contribuir com obras de mobilidade na região, que incluem a pavimentação de um trecho da GO-336 e a ponte de concreto sobre o Rio Vermelho.

Lincoln Tejota afirma que essas parcerias adianta obras, leva progresso às cidades e geram emprego e renda à população.

“Sabemos que investimentos como esse trazem desenvolvimento para a cidade e para a região. E essa é uma determinação do governador Ronaldo Caiado: regionalizar o desenvolvimento, oferecendo oportunidade em todos os locais”, explica.

O prefeito de Crixás, Carlos Seixo, que também é médico, lembrou que o aeroporto e trabalhos semelhantes são importantes porque proporciona à população rapidez, por exemplo, numa viagem em busca de atendimento médico.

“Vamos ter condições de transportar pacientes com mais agilidade para os grandes centros, em caso de necessidade. E não só pacientes de Crixás, mas de toda a região. Isso hoje fica comprometido por causa da falta do balizamento noturno. Viabilizar essa obra significa rapidez em salvar vidas”, afirmou.

Para o presidente da Goinfra, Pedro Sales, o importante é aumentar obras em todo o estado seguindo as exigências do órgãos fiscalizadores e fortalecendo todas as regiões de Goiás.

“O que nós buscamos é entregar uma obra que esteja dentro do padrão exigido pela ANAC. Queremos que esse aeroporto seja um modelo para todo o estado. Com esse projeto, o aeroporto não perderá, em termos de qualidade e estrutura para nenhum outro em Goiás e não haverá qualquer restrição de operação”, encerrou.


Leia mais sobre: / Destaque 2 / Política