25 de maio de 2024
Recuperação

Trecho em Iaciara, destruído por chuva, é liberado 9 dias após mortes causadas por acidente

A Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) explicou que as chuvas intensas de quarta-feira (13) dificultaram a conclusão da última etapa da restauração da área
O tráfego de veículos na GO-110 em Iaciara foi restabelecido na noite desta sexta-feira (15). (imagens: reprodução)
O tráfego de veículos na GO-110 em Iaciara foi restabelecido na noite desta sexta-feira (15). (imagens: reprodução)

O tráfego na rodovia GO-110, danificada pela enxurrada que arrastou um veículo e resultou na morte de cinco membros de uma mesma família em Iaciara, no nordeste do estado, no último dia 7 de março, foi reaberto. A Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) explicou que as chuvas intensas de quarta-feira (13) dificultaram a conclusão da última etapa da restauração da área, atrasando assim o progresso da obra.

O tráfego de veículos na GO-110 em Iaciara foi restabelecido na noite anterior (15), conforme informado pela Goinfra. Durante toda a semana, equipes da GOINFRA, Defesa Civil/Bombeiros e CPRM/Polícia Militar trabalharam em regime de plantão de 24 horas por dia para concluir a tarefa.

No dia 7 de março, um trecho da estrada cedeu devido ao grande volume de água, proveniente das fortes chuvas, causando a interrupção da via entre Iaciara e Água Quentes. A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) determinou que a barragem próxima à estrada não teve influência no acidente.

A Polícia Civil anunciou a abertura de um inquérito para investigar o incidente, e as diligências estão em andamento para esclarecer os fatos. O Corpo de Bombeiros relatou que o veículo estava se deslocando em direção a Iaciara e, ao cair na vala, foi arrastado pela correnteza, ficando submerso na água. Imagens ilustram a força da água.

As autoridades explicaram que o sistema de drenagem não suportou o volume de água, resultando na destruição da pista. Um motociclista que passava pelo local alertou os motoristas sobre o trecho danificado, mas um carro vindo no sentido oposto não percebeu a parte destruída e acabou sendo arrastado pela correnteza. O veículo transportava cinco pessoas que partiram dali e todos morreram.


Leia mais sobre: / / / Notícias do Estado

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.