28 de junho de 2022
Item de proteção

Vereadores aprovam, em primeira votação, dispensa do uso de máscara em Goiânia

Texto ainda vai à Comissão de Saúde antes de retornar ao plenário para aprovação definitiva
Câmara de Goiânia. (Foto: Samuel Straioto)
Câmara de Goiânia. (Foto: Samuel Straioto)

A Câmara de Vereadores de Goiânia aprovou nesta quarta-feira (16), em primeira votação, o projeto que desobriga a utilização de máscaras faciais na capital. O relatório de Geverson Abel (Avante), cujo parecer foi favorável à dispensa, foi aprovado por unanimidade.

O trâmite agora indica que o projeto segue para a Comissão de Saúde. A expectativa é que o colegiado vote a matéria já nesta tarde.

Os parlamentares querem aprovar na manhã de quinta-feira (17), de forma definitiva, o fim da obrigatoriedade do uso das máscaras na capital.

Continua após a publicidade

Após a análise da Câmara, o projeto ainda será sancionado pelo prefeito Rogério Cruz. Por ora, a prefeitura de Goiânia informa que a liberação se dará apenas em ambientes abertos. Será mantida a exigência em estabelecimentos comerciais, escolas, creches, shoppings e afins. Porém, em bares, restaurantes e estádios, o uso será opcional.

No estado, diversas cidades flexibilizaram a utilização da máscara em ambientes abertos após recomendação da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO). Anápolis, Caldas Novas, Rio Quente e Aparecida de Goiânia foram além e também permitem a dispensa em locais fechados. Nesta última, há exceção para terminais de transporte público, unidades educacionais e repartições públicos.