25 de julho de 2024
Política

Vanderlan: terceirização dos serviços da Saneago é resultado de má gestão

 Recém-filiado ao PSB, o pré-candidato ao governo Vanderlan Cardoso, que preside a sigla no Estado, não poupou criticas à terceirização dos serviços da Saneago, durante evento em Rio Verde nesta quinta-feira (23).

Ele definiu o processo de subdelegação dos serviços de água e esgoto em quatro cidades goianas, que está em curso, como fruto de uma má gestão da companhia. O governo estadual quer terceirizar a gestão dos serviços em Rio Verde, Aparecida de Goiânia, Trindade e Jataí. Vale lembrar que a prefeitura de Anápolis, se recusou a assinar o contrato para a terceirização.

“Estão entregando a gestão das cidades que dão lucro, que levam a Saneago a ter um superávit de R$80 milhões. Como é que vão ficar as outras cidades que são deficitárias, precisam dessas cidades, e ainda não tem como bancar suas despesas?”, questionou o ex-prefeito de Senador Canedo, que, não se disse contrário a parcerias com a iniciativa privada, mas lembrou que, no caso da Saneago, a gestão dos serviços é lucrativa para o Estado.

Vanderlan também criticou, em entrevista a uma rádio local, a inércia da administração estadual para cumprir a data-base dos servidores – prevista para maio, no entanto, o projeto de readequação sequer tramita na Câmara. “O servidor não pode ser responsabilizado por erros administrativos. Se hoje compromete muito a folha, ou o dinheiro não foi bem aplicado, o que o servidor tem a ver com isso”, questionou. “Quem não fez o dever de casa foi o governante”.

Ele se reuniu na cidade com lideranças do partido e de legendas aliadas.


Leia mais sobre: / / / Política