16 de abril de 2024
Vacinação • atualizado em 30/06/2023 às 17:51

Vacina contra a Dengue será distribuída em laboratórios particulares pela Tecnocold Vacinas

A empresa especializada em vacinas será uma das responsáveis pela distribuição da QDENGA em Goiás
Foto: Divulgação/Takeda Pharma
Foto: Divulgação/Takeda Pharma

A distribuidora especializada em vacinas, Tecnocold Vacinas, será uma das empresas responsáveis pela distribuição da Vacina contra a Dengue em Goiás. O imunizante da Takeda Pharma estará disponível em laboratórios e clínicas de vacinação particulares.

De acordo com a empresa, a Tecnocold é focada no mercado privado de vacinas, com participação de 65% na distribuição de imunizantes em hospitais, clínicas, laboratórios e farmácias de todo o Brasil. Já era responsável pela primeira vacina contra a dengue liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que podia ser usada por pessoas que já tiveram contato com o vírus, e agora, distribuirá também a QDENGA.

A nova vacina protege contra quatro sorotipos do vírus. A médica representante regional da Sociedade Brasileira de Imunizações, Amanda Alecrim, destaca que a vacina poderá ser utilizada tanto por pessoas que não tiveram a doença, quanto por quem já teve. “Não existem remédios para o tratamento da doença, só podemos controlar o vetor com as medidas sanitárias, e agora podemos contar com uma forte e eficaz ferramenta na proteção contra esta virose, uma vacina que protegerá contra os 4 sorotipos da dengue, que poderá ser utilizada tanto para quem já teve a doença e por quem ainda não teve contato com o vírus”, explica.

A médica destaca que é necessária prescrição médica para tomar a vacina e reitera o esquema vacinal. “A vacina estará disponível nas clínicas privadas, nos próximos dias e o esquema indicado é de 2 doses, com intervalo de 3 meses (0 e 3 meses)”, destaca. O imunizante é indicado para pessoas de 4 a 60 anos de idade, para a prevenção da Dengue.


Leia mais sobre: / / Brasil

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.