13 de julho de 2024
Crítica • atualizado em 19/06/2022 às 09:03

“Um grande erro”, diz Sergio Moro sobre liderança de Lula nas pesquisas para presidente

Moro também afirmou que o STF "acabou perdendo força e legitimidade frente à opinião pública"
Ex-ministro e ex-juiz deve ser candidato a deputado federal pelo Paraná (Foto: Divulgação)
Ex-ministro e ex-juiz deve ser candidato a deputado federal pelo Paraná (Foto: Divulgação)

Ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (União Brasil) disse, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, que a liderança do ex-presidente Lula (PT) nas pesquisas de intenção de voto para o Palácio do Planalto é “um grande erro”.

“Um grande risco colocar alguém que foi condenado por corrupção em três instâncias e foi beneficiado por um erro judiciário numa posição dessa e com perspectiva de poder”, afirmou.

Na entrevista, Moro, que foi o juiz responsável por julgar em primeira instância os casos da Lava Jato em Curitiba, também comentou sobre os rumos do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Historicamente falando, os melhores momentos do STF foram o mensalão e durante a Lava Jato, quando ela era apoiada pelo Supremo. Depois, com a ressalva de que há ministros que sempre defenderam o combate à corrupção, decisões começaram a ser maiorias que enfraqueceram o combate à corrupção. O STF acabou perdendo força e legitimidade frente à opinião pública”, declarou.

Após esboçar uma candidatura a presidente e ter sua mudança de domicílio eleitoral para São Paulo negada pela Justiça, o ex-ministro e ex-juiz agora tenta viabilizar seu nome para uma disputa no Paraná, possivelmente a deputado federal.


Leia mais sobre: / / Geral