28 de junho de 2022
Destaque 2

Trindade flexibiliza restrições, mas mantém proibição de consumo em restaurantes e lanchonetes

Decreto de Jânio Darrot permite reabertura de parte do comércio em Trindade. (Foto: Portal Alego)
Decreto de Jânio Darrot permite reabertura de parte do comércio em Trindade. (Foto: Portal Alego)

Novo decreto anunciado pelo prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), permite a abertura de várias atividades econômicas a partir de quarta-feira (22). Para reabrir as portas, os comerciantes terão de seguir medidas sanitárias rígidas estabelecidas pelos protocolos de segurança do governo de Goiás e do Ministério da Saúde no enfrentamento ao coronavírus.

Os segmentos que abrirão as portas em Trindade, nos setores de indústria, comércio e serviços são os seguintes: móveis, eletrodomésticos, eletrônicos, óticas, papelaria, construção civil em geral, confecções, calçados, brinquedos, setor automotivo, cosméticos e beleza, higiene e limpeza, utensílios domésticos, embalagens, lembranças e suvenires, bicicletas e acessórios, gráficas, serigrafias e plotagens.

Podem, ainda, funcionar: indústrias de bebidas e gêneros alimentícios; entidades de classe e sindicatos; cursos profissionalizantes e de atendimento individual; informática; agências de empregos; serviços de telemarketing; profissionais liberais (autônomos, empresas e entidades representativas); clinicas de saúde e exames em geral; laboratórios, radiologia e profissionais da saúde em geral.

Continua após a publicidade

Os restaurantes, sanduicheiras, pizzarias, pamonharias, lanchonetes, açaíterias, sorveterias, pit dogs, distribuidoras e similares poderão funcionar tomando as medidas de segurança necessárias, sendo obrigatório o atendimento por meio de canais eletrônicos, de delivery, drive-thru, retirada e entrega rápida.

As academias poderão abrir com o número de alunos relativo a 50% dos aparelhos fixos, disponibilizando materiais de higiene, álcool em gel 70%, mantendo total higienização dos aparelhos, com turnos de 60 minutos para atendimento ao aluno, máximo de 45 minutos para treino e 15 para higienização do ambiente.

Em sua mensagem, o prefeito reforçou que todos os trabalhadores e consumidores “devem utilizar equipamentos de proteção individual, como máscaras e o uso do álcool em gel 70%”. Segundo ele, “as atividades econômicas que passam a funcionar a partir de agora devem cumprir todos os protocolos para evitar aglomerações”.

Continua após a publicidade

Na mensagem, o prefeito também lembrou que o decreto municipal poderá ser alterado ou revogado, caso existam novas recomendações dos órgãos sanitários, nos âmbitos federal, estadual e municipal, com base em evidências científicas e análises sobre as informações estratégicas em saúde.

“O não cumprimento dos protocolos de segurança e de combate à Covid-19, estabelecidos pelo município de Trindade, serão os infratores passíveis de punições previstas no Código de Posturas Municipal, inclusive com a interdição das atividades comercial, industrial e de serviços”, disse Jânio.