19 de julho de 2024
Política

Por 2014, PT vai procurar Iris Rezende

Segundo coluna do Jornal Tribuna do Planalto, PT abandona o sonho de candidatura própria em 2014 e vai procurar o maior líder do PMDB

Uma intensa disputa entre grupos petistas na reunião da semana passada após o recado de que o partido teria que procurar Iris Rezende e o PMDB para conversar.

Esse é o clima revelado pelo jornalista Eduardo Sartorato, na coluna Linha Direta, do Jornal Tribuna do Planalto.

Um recado do diretório nacional teria sido repassado ao diretório do PT aqui em Goiás, para não levar a frente a construção de um nome próprio para a disputa de 2014.

A outra decisão da cúpula estadual é procurar de imediato o ex-prefeito Iris Rezende e informá-lo da disposição de caminhar com o PMDB, fortalecendo assim o peemedebista. 


 

Por Dilma, PT goiano esquece candidatura própria e procura Iris

Em tensa reunião na última semana no diretório estadual, o PT goiano ouviu um importante recado: a prioridade de reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) sobrepõe-se a qualquer voo regional. Assim, o desejo do partido de disputar o governo do Estado em 2014 com nome próprio está descartado. O caminho é fortalecer a aliança com o PMDB. Depois da reunião, onde foi repassada a decisão nacional, o deputado federal Rubens Otoni já afirmou que o prefeito de Anápolis, Antônio Gomide, deve cumprir o mandato. Com muitas reuniões pelo interior, Gomide era o nome trabalhado pelo partido até então. A outra decisão da cúpula estadual é procurar de imediato o ex-prefeito Iris Rezende e informá-lo da disposição de caminhar com o PMDB, fortalecendo assim o peemedebista. Alguns membros do PT acreditam que, por uma aliança maior das oposições, o partido está disposto a “cortar na própria carne”. Ou seja, o PT está disposto a abrir mão, inclusive, de estar na chapa majoritária.

Para ler a coluna clique aqui.

 


Leia mais sobre: Política