20 de maio de 2024
Câmara Municipal

Três vereadores assumem mandato em Goiânia após cassação de chapas

Posse ocorre após a cassação, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), das chapas do PMB e do PTC (atual Agir) nas eleições de 2020
Fabrício Rosa (PT), Markim Goyá (PRD) e Bill Guerra Mochilink (MDB) assumiram, em definitivo os mandatos. (Foto: Câmara Municipal/Reprodução).
Fabrício Rosa (PT), Markim Goyá (PRD) e Bill Guerra Mochilink (MDB) assumiram, em definitivo os mandatos. (Foto: Câmara Municipal/Reprodução).

Três novos parlamentares tomaram posse durante a sessão desta quarta-feira (16) na Câmara Municipal de Goiânia. Fabrício Rosa (PT), Markim Goyá (PRD) e Bill Guerra Mochilink (MDB) assumiram, em definitivo, os mandatos após a cassação, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), das chapas do PMB e do PTC (atual Agir) nas eleições de 2020 por descumprimento da cota de gênero, que exige proporcionalidade entre homens e mulheres.

Dos três, apenas Rosa não havia ocupado cadeira na Câmara e foi o único a prestar juramento na sessão comandada pelo primeiro vice-presidente, Thialu Guiotti (Avante). Já Markim Goyá (PRD) e Bill Guerra (MDB) haviam assumido temporariamente e agora retornam à Câmara. Deixaram os cargos Edgar Duarte (PDT), Pastor Wilson (PRD) e Paulo Henrique da Farmácia (SDD).

Fabrício Rosa

Policial rodoviário federal e oficial da reserva da Polícia Militar, Fabrício Rosa assumiu o mandato após três anos e seis meses aguardando trâmites de processos no TSE e no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO). Suplente pelo PSOL nas eleições de 2020, migrou posteriormente para o PT, partido que representa na Câmara.

Primeiro vereador assumidamente gay eleito em Goiânia, Rosa afirma que fará um mandato dando voz a minorias, crianças, adolescentes, comunidade LGBTQIAPN+, defensores dos direitos humanos, do meio ambiente, da reforma urbana e agrária e da segurança pública cidadã.

Natural de Goiânia, Acenil Guerra da Costa, mais conhecido como Bill Guerra, tem 51 anos e atua como repórter cinematográfico. Já havia assumido cadeira na Câmara no dia 5 de dezembro de 2023 e agora retorna à Casa definitivamente, com a conclusão dos processos na Justiça Eleitoral.

No final do ano passado, em entrevista exclusiva ao Diário de Goiás, Bill fez um balanço das expectativas para a sua gestão como vereador. Segundo ele, a relação com o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), é de muito respeito, porém seguirá cobrando melhorias para a cidade, agora na posição de vereador.

“Prioridade na área da saúde, social e na qualidade dos serviços prestados à população. Como vereador vou conseguir realizar o sonho de levar as ações sociais nos bairros, com atendimentos diversos à população. A primeira ação social será agora em dezembro com a arrecadação de cestas básicas para a população carente passar um Natal com dignidade”, destacou o parlamentar.

Markim Goyá

Marcos Antônio da Silva, o Markim Goyá nas eleições de 2020, recebeu 3.021 votos pelo Patriota, sendo suplente de vereador pelo partido. Atualmente, está no PRD (resultado da fusão entre Patriota e PTB). Na Câmara, afirma que seu mandato terá o compromisso de defender direitos das pessoas mais necessitadas e carentes.


Leia mais sobre: / / Cidades / Goiânia

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019