21 de maio de 2022
Aparecida de Goiânia

Trecho do Eixo Leste-Oeste 01 é liberado em Aparecida de Goiânia

Eixo Leste-Oeste 01, em Aparecida de Goiânia. (Foto: Claudivino Antunes)
Eixo Leste-Oeste 01, em Aparecida de Goiânia. (Foto: Claudivino Antunes)

A prefeitura de Aparecida de Goiânia liberou o tráfego em um trecho do Eixo Leste-Oeste 01. Segundo a Secretaria de Infraestrutura, o trecho entre a Avenida Brasil, passando pela Avenida Graça Aranha e Rua Nilo Peçanha no Jardim Buriti Sereno, até chegar ao Anel Viário, já está concluído e com trânsito permitido.

Neste momento, ainda há implantação de calçadas, mas os veículos já podem trafegar normalmente. Este eixo interliga os bairros Jardim Maranata e Jardim Helvécia, com cerca de 10 quilômetros de extensão.

“Neste trecho implantamos um bueiro celular e as bocas de lobos para captação das águas das chuvas. O percurso está concluído com asfalto e meio fio e veículos já fazem uso da via que é toda duplicada. Agora atuamos no trecho entre o Garavelo Park e o Jardim Dom Bosco, onde estamos implantando galerias pluviais e posteriormente o asfalto”, disse superintendente municipal de Engenharia, Roberto Lemos.

Continua após a publicidade

O Eixo Leste-Oeste 01 começa na Avenida Major Olegário, no Jardim Dom Bosco, e termina na Avenida Rio Verde, no Jardim Helvécia, interligando duas regiões da cidade. Hoje, essa ligação é feita através da G0-040 e Avenida Rio Verde que estão sobrecarregadas devido ao crescimento da frota na Região Metropolitana de Goiânia. O traçado irá passar pelos seguintes bairros: Jardim Dom Bosco, Jardim Alto Paraíso, Setor Aeroporto Sul, Goiânia Park Sul, Buriti Sereno, Bairro Cardoso – Continuação e Jardim Helvécia.

Os cinco eixos em construção na cidade contam com investimentos na ordem de R$ 72 milhões. Eles vão interligar as regiões Leste e Oeste da cidade. Entre eles, o Eixo Leste-Oeste 01 (ELO 01) com quase 10 quilômetros, que está com as obras avançadas e orçado em R$ 13 milhões em 30mil m² de pavimentação asfáltica, 6.900 mil metros de galerias pluviais, duas pontes e um bueiro celular.