08 de agosto de 2022
Cidades

Tratamento contra o ronco também começa no odontólogo, diz especialista

Odontólogo Carlos Bandeira (foto divulgação)
Odontólogo Carlos Bandeira (foto divulgação)

Em entrevista ao Jornal da Manhã da rádio Bons Ventos FM, o odontólogo Carlos Bandeira, da Bandeira Odontologia Goiânia,  detalhou o tratamento do ronco com equipamento para dormir. “A OdontoApneia tem uma indicação muito boa porque a apneia é a falta de oxigenação no cérebro. Nós sempre orientamos, porque quando tem surtos de apneia existe o risco de causar lesões no cérebro pela falta de oxigenação”, explica.

Continua após a publicidade

Uma das dúvidas constantes e esclarecida pelo médico é o porque o ronco não acomete a todos. “Nós temos o grupo de risco que são grupos que tem problemas de tireóide, excesso de peso e muitas pessoas tem o refluxo estomacal e também o consumo de bebidas alcoólicas e remédios que as pessoas utilizam muito para dormir, pois relaxa o músculo. O medicamento tem que ser utilizado adequadamente”, aponta.

Segundo o odontólogo, algumas pessoas podem roncar mais alto que as outras. “O que é importante na questão do ronco é que é um som que produz um desconforto para o paciente também e pessoas que estão ao redor. Precisa do diagnóstico do que está causando este. A odontoapneia posiciona a mandíbula e a máxilar, então ele evita o ronco, evita a apneia, que causam desconforto na hora de dormir”, diz.

Mas, ele alerta que o equipamento é recomendado apenas nos casos leves e moderados. “Os casos graves aí sim tem o aparelho indicado, porque a avaliação terá que ser criteriosa. Se tiver problemas hormonais, procurar um endocrinologista, problemas nutricionais procurar um nutricionista. Então, tem todo esse aspecto, todas as especialidades”.

Continua após a publicidade

“É muito importante dizer que nós não indicamos esse tratamento de início. Tem que detectar os problemas, sejam hormonais ou não, para depois iniciar o tratamento com a OdontoApneia”, acrescenta o especialista.

Bruxismo

Nas mulheres os casos de bruxismo são mais comuns. “As mulheres tem um excesso de atividades maior do que a de muitos homens, e o tratamento é parecido com o da OdontoApneia, esse aparelho também vai atuar nas duas frentes tanto combatendo o ronco, quanto a apneia e o bruxismo, que ele está associado ao tratamento dessas duas patologias”, detalha.

Nas crianças a muitos fatores importantes. “Então, essa intervenção na criança tem fases preventivas, e a ortodontia tem benefícios que podem ajudar a acabar desde o ranger dos dentes e outros problemas. Os pais tem que estar atentos a essas questões, porque no futuro o problemas pode ser bem maior”, conclui.