28 de junho de 2022
Cidades

Trânsito na região de viaduto na Jamel Cecílio será liberado até julho

Foto: Divulgação/Seinfra
Foto: Divulgação/Seinfra

As obras do Complexo Viário do entrocamento de três grandes vias de Goiânia (Jamel Cecílio, Marginal Botafogo e Leopoldo de Bulhões), deverão ser entregues até o dia 31 de dezembro. A primeira parte que é o elevado da Jamel Cecílio deve ficar pronta até o mês de julho, com a liberação do tráfego. Com o fim do período chuvoso, serão iniciadas as escavações para que seja feita a trincheira, por onde passará a Marginal Botafogo.

Continua após a publicidade

Foi iniciada nesta sexta a fase de concretagem do bloco de fundação. A pasta ainda prevê que as obras do viaduto da Jamel Cecílio serão entregues em julho, como previsto em contrato.

“Essa obra não é muito complicada em termos de execução, e a empresa tem plenas condições de recuperar essa defasagem de cronograma. A expectativa é que nos próximos dois ou três meses, ela esteja com o cronomograma em dia”, explicou Mattos.

Dois tubulões a ar comprimido. Estacas de fundação todas executadas. Faremos os blocos de fundação, pilares e as vigas de fundação do berço do viaduto. Paralelamente estamos cravando estacas metálicas para que possamos fazer a trincheira pela Alamenda Botafogo, a exemplo do que fizemos na 90 com a 136. Essa obra é similar a T-63 com a 85.

Continua após a publicidade

As obras sofreram atrasos, mas a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) acredita que a obra será concluída dentro do prazo estabelecido em contrato, no dia 31 de dezembro.

Os atrasos se deram, segundo o secretário Dolzonan Mattos, por conta de imóveis comerciais que precisavam ser desapropriados e removidos. “Agora, com a retirada de três imóveis, temos condições de fazer essa retomada. A obra agora está a todo vapor”, ponderou o titular da pasta. Ele ainda acrescentou que as chuvas não têm atrapalhado os serviços.

De acordo com a Seinfra, a obra está em 12% da execução total. Foi concluída a fundação do elevado e os tubulões a ar comprimido estão em finalização. Agora, a empreitada é para cravação dos perfis metálicos de execução da trincheira e armação dos blocos de ancoragem das estacas de fundação e dos arranques dos pilares.

Estrutura

O complexo viário inclui três elementos de engenharia. Segundo Dolzonan, as obras se assemelham às que foram feitas no cruzamento da Av. 85 com a T-63. A Avenida Jamel Cecílio vai passar pelo elevado sobre toda a obra; no nível da Alameda Leopoldo de Bulhões será construída a rotatória, na rua já existente; e a Marginal Botafogo passará em trincheira por baixo de tudo.

Ao lado do viaduto será erguido um monumento em estrutura metálica de uma mão como se estivesse dedilhando um violão, representando, simbolicamente, o traçado da obra, sendo o elevado o braço e a rotatória, a boca do instrumento, uma homenagem à arte musical goianiense.