28 de maio de 2024
Catalão • atualizado em 28/04/2024 às 12:26

Trabalhadores demitidos da Mitsubishi de Catalão assinam rescisões

Sede da empresa em Catalão ( foto: Portal Catalão)
Sede da empresa em Catalão ( foto: Portal Catalão)

Os 540 metalúrgicos desligados da Mitsubishi de Catalão em outubro, começaram a receber o pagamento do acerto trabalhista.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (SIMECAT), há na cidade uma força-tarefa para homologar as rescisões dos demitidos.

A Caixa Econômica Federal esta realizando a liberação do  Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) dos trabalhadores e empresas de Recursos Humano realiza o cadastramento de currículos. As homologações acontecerão até esta quarta (18) no Salão do SESI.

Em outubro a MMC afirmou que a queda de 21,4% nas vendas de automóveis entre janeiro e agosto impôs um ajuste no quadro de colaboradores da fábrica de Catalão, onde eram produzidos 85% dos modelos vendidos no País.

O portal Catalão informa que em relação aos trabalhadores demitidos entre 29 e 30 de junho pela Mitsubishi, o SIMECAT entende que pelo acordo firmado na audiência de conciliação os demitidos têm direito a receber o PL proporcional aos meses trabalhados, em cima dos R$ 4 mil reais de adiantamento que caíram no dia 13 de novembro.

“Mas a Mitsubishi não pagou desta forma. Por isso, o SIMECAT vai entrar com uma ação competente. Todos os interessados em participar dessa ação devem procurar o Sindicato”, afirma em nota.

Da redação com informações do Portal Catalão 


Leia mais sobre: Catalão / Cidades