25 de junho de 2022
Diário de Goiás

Trabalhadores da Rede Estadual de Educação podem deflagrar greve nesta terça-feira

Alego realizará sessão remota nesta quarta. Foto: Arquivo.
Alego realizará sessão remota nesta quarta. Foto: Arquivo.

Está marcada para esta terça-feira, 1, a Assembleia dos Trabalhadores da Rede Estadual de Educação, que pode ter a greve da categoria como resultado. A Assembleia será às 14h, em frente a Assembleia Legislativo de Goiás (Alego), e tem como pauta o Piso Salarial dos professores, Data-Base dos Administrativos, Progressões, Concurso Público e a redução dos percentuais da Educação Básica em Goiás.

A categoria está em Estado de Greve desde o último dia 10 de setembro, quando foi aprovada em primeira votação, a PEC n°990/19 que reduz os recursos da Educação Básica e inclui a UEG nos 25% da Educação, diminuindo a verba orçamentária prevista no Plano Estadual de Educação, na LDB e na Constituição Federal. Apesar da mobilização do SINTEGO, a PEC foi aprovada.

Com a aprovação da PEC, redução de recursos para a Educação e não pagamento dos direitos dos trabalhadores, o SINTEGO convoca nova Assembleia da categoria, para que sejam definidos novos planos de reivindicação.

Continua após a publicidade