30 de maio de 2024
Alerta

Terremoto no Japão tem magnitude 7,6 e gera alerta de tsunami para países próximos; vídeos

O alerta que estava em nível máximo, já foi rebaixado, o que pode representar amenidade dos riscos
Houve o pedido para que as pessoas no local onde houve o terremoto no Japão evacuassem a área que poderia ser atingida e para se prepararem para possíveis novos tremores. (Foto: reprodução)
Houve o pedido para que as pessoas no local onde houve o terremoto no Japão evacuassem a área que poderia ser atingida e para se prepararem para possíveis novos tremores. (Foto: reprodução)

Um terremoto no Japão, que teria magnitude de 7,6, atingiu o centro-norte do país nesta segunda-feira (1º), gerando avisos para os moradores e também alerta de tsunami para a Coreia do Norte e Coreia do Sul. De toda forma, o alerta que estava em nível máximo, já foi rebaixado, o que pode representar amenidade dos riscos. Confira alguns vídeos publicados na internet.

Ainda assim, houve o pedido para que as pessoas no local onde houve o terremoto no Japão evacuassem a área que poderia ser atingida e para se prepararem para possíveis novos tremores. Ondas de 1 metro de altura já foram registradas na costa oeste ao longo do Mar do Japão, com uma onda maior, de até 5 metros, ainda sendo esperada, informou a emissora pública NHK, do país.

Ainda de acordo com a NHK, mais de 32.500 casas na província de Ishikawa ficaram sem energia após o terremoto no Japão, e a empresa de energia Hokuriku Electric Power disse que está verificando quaisquer irregularidades em suas usinas nucleares.

O porta-voz do governo do Japão, Hayashi Yoshimasa, disse que não há irregularidades nas usinas nucleares do país e aconselhou as pessoas em áreas sob alerta de tsunami a evacuarem para locais mais elevados. Enquanto isso, alguns serviços dos trens-bala Shinkansen do Japão foram suspensos, de acordo com o site da operadora ferroviária JR East.


Leia mais sobre: Mundo

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.