logomarcadiariodegoias2017

Foto: Divulgação
Captura de Tela 2018-04-01 às 12.10.48.png
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Poucos carros passaram por tantas atualizações ano após ano quanto o Toyota Etios. A novidade da linha 2019 é a adoção de controles eletrônicos de estabilidade, ainda raros neste segmento.

Daissuke Amano, chefe de produtos compactos da Toyota do Brasil, diz que já ocorreram ao menos 15 alterações no carro desde seu lançamento, no fim de 2012.
"Os primeiros resultados de mercado não foram o que planejamos, mas escutamos os clientes e fomos mexendo no que precisava ser melhorado", afirma Amano.
Se colocados lado a lado, o Etios de 2012 e o atual tem as mesmas dimensões e mudanças na parte frontal, que hoje tem para-choque e grade mais chamativos.
As maiores diferenças estão na cabine, a começar pelas forrações escuras de agora, no lugar dos plásticos pintados de cinza do passado.
Os instrumentos de visualização ruim deram lugar ao painel digital que tem calculadora de consumo. O motorista insere o preço do combustível por litro e o sistema informa o gasto em reais ao longo do percurso.
A versão avaliada, X-Plus com câmbio automático, custa R$ 59.620 e mistura revestimentos simples com equipamentos herdados das versões mais caras.
A malha que reveste os bancos transmite a simplicidade dos carros populares, também percebida no volante de plástico emborrachado. Para compensar, o painel frontal tem moldura pintada de preto perolizado, coisa de carro de luxo.
A caixa de quatro marchas é a mesma que equipou o sedã Corolla entre 1998 e 2014.
No momento de iniciar o teste, os pontos negativos aparecem. O cinto de segurança não tem regulagem de altura e pode incomodar motoristas que tenham menos que 1,70 m de altura.
Quem curte novas tecnologias não vai gostar do sistema de som que equipa o Etios na versão X-Plus. Trata-se de um rádio pequeno e monocromático, cuja função mais relevante é a conexão via Bluetooth com telefones.
NA RUA
Ao sair da garagem, o compacto Toyota mostra as qualidades que fizeram a fama da marca no Brasil: direção leve, sensação de robustez e pouco barulho a bordo.
O câmbio automático melhora a vida no trânsito pesado e tem controle de cruzeiro: basta programar a velocidade na estrada e soltar o acelerador para dar descanso ao pé direito e evitar multas por ultrapassar os limites legais.
Quem viaja no banco de trás não reclama do espaço para pernas, mas acomodar um passageiro no assento do meio exige boa vontade de quem está nas laterais. Ao menos ele terá direito a encosto de cabeça e cinto de três pontos, que aumentam a segurança.
Com mais essa atualização, o Etios se aproxima das versões automáticas de Chevrolet Onix Advantage (R$ 54 mil) e Hyundai HB20 Comfort (R$ 58,2 mil), líderes de mercado. A próxima mudança só deve ocorrer em 2020, com a chegada de uma nova geração do Toyota.

TOYOTA ETIOS X-PLUS AUTOMÁTICO
Motor Dianteiro, flex, aspirado,1.496 cm3,4 cilindros,16 válvulas
Potência 107 cv (e) e 102 cv (g) a 5.600 rpm
Torque 14,7 kgfm (e) e 14,3 kgfm (g) a 4.000 rpm
Câmbio automático, de quatro marchas
Porta-malas 260 litros
Peso 945 kg
Pneus 185/60 R15
Aceleração (0 a 100 km/h) 12,2s (e) e 13s (g)
Retomada 9,8s (e) e 11,2s (g)
Consumo urbano 7,7 km/l (e) e 11 km/l (g)
Consumo rodoviário 12,5 km/l (e) e 16,7 km/l (g)
Preço R$ 59.960
Largura 1,70 metro
Comprimento 3,88 metros
Altura 1,51 metro
Distância entre as rodas 2,46 metros

 

EDUARDO SODRÉ

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

Reportagem Especial

TVDG

Marconi Perillo presta esclarecimentos na CEI da Saúde na Câmara de Vereadores de Goiânia
Marconi Perillo presta esclarecimentos na CEI da Saúde na Câmara de Vereadores de Goiânia
Marconi Perillo presta esclarecimentos na CEI da Saúde na Câmara de Vereadores de Goiânia

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH