17 de maio de 2022
Economia

Taxa de juros para o consumidor e inadimplência caem em março, mostra BC

As famílias pagaram juros mais baixos em março deste ano, com taxa de inadimplência menor, segundo dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (25).


De fevereiro para março, a taxa média de juros caiu 1 ponto percentual, para 44,4% ao ano. A inadimplência, como são considerados os atrasos superiores a 90 dias, caiu 0,2 ponto percentual, para 7,4%. É a primeira queda desde dezembro de 2010.
Apesar da queda da inadimplência, o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel destaca que o atual patamar ainda é alto. “Mas esse movimento na margem é um bom sinal, em linha com a perspectiva de acomodação que a gente vinha anunciando”, disse.
No caso das empresas, a taxa média anual também caiu – de 28,6% para 27,7%. Já a inadimplência ficou estável.
O spread (diferença entre a taxa de captação e a cobrada dos clientes) caiu 0,7 ponto percentual para pessoas físicas, ao ficar em 35,1 ponto percentual. No caso das empresas, houve redução de 0,4 ponto percentual, para 18,4 pontos percentuais.
Segundo dados preliminares deste mês, até o dia 12, o spread caiu 0,2 ponto percentual para pessoas físicas e 0,5 ponto percentual para as empresas. A taxa média de juros apresentou redução de 0,4 ponto percentual para as pessoas físicas e de 0,6 ponto percentual para as empresas.
De acordo com Maciel, essa redução das taxas nos dados preliminares ainda não reflete os anúncios de cortes nos juros anunciados este mês por bancos. (Agência Brasil)

Leia mais sobre:
Economia