27 de junho de 2022
Cidades

Suspeitos de aplicar golpes em financiamento de veículos são presos em Goiânia

Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

Quatro pessoas foram presas pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), suspeitas de estelionato e receptação em fraudes em financiamento de veículos.

Na operação, os policiais recuperaram um automóvel e objetos adquiridos com uso de documento falso e impediu que dois veículos novos fossem recebidos pelos receptadores.

As investigações da Polícia Civil começaram quando uma mulher do Distrito Federal denunciou que uma pessoa estaria se passando por ela na cidade de Goiânia e usando seus dados pessoais para comprar uma motocicleta. Um carro já havia sido adquirido pela falsária, com o nome da vítima.

Continua após a publicidade

Em entrevista à Record Goiás, o delegado Cássio Arantes, responsável pelo caso, revelou que Hilla Silveira de Morais, que utilizava uma CNH com dados falsos da vítima de Brasília, confessou o crime.

“A Hilla confessou que estava utilizando os documentos e alega que há uma terceira pessoa, um falsificador, que pagava para que ela fizesse os crimes. No entanto, a história é um pouco controversa. Eles usavam uma condição de suposto casal, com uma criança de quatro meses, para dar os golpes”, disse.

Além de Hilla e Anderson de Oliveira Machado, que davam golpes no financiamento, foram presos Joel Marlo Gonçalves Bernardo e Joaquem Melo da Cruz Neto, que teriam comprado veículos dos estelionatários para revendê-los.

Continua após a publicidade

Hilla e Anderson foram autuados em flagrante, presos e responderão por estelionatos consumados e tentados e uso de documento falso. Joel e Joaquim foram autuados em flagrante pelo crime de receptação e após pagamento de fiança foram soltos e responderão em liberdade.