10 de agosto de 2022
Notícias do Estado

Santa Casa de Misericórdia presta contas a Iris

Foto: Jackson Rodrigues
Foto: Jackson Rodrigues

Os superintendentes administrativo e técnico da Santa Casa de Misericórdia de Goiânia, Dr Irondes José de Morais e Dr Pedro Ivandosvick  respectivamente, se reuniram nesta quarta-feira (29), com o prefeito de Goiânia Iris Rezende, a secretária municipal de saúde Fátima Fátima Mrué, o procurador geral do Município, Breno Kelvys e o vereador Andrey Azeredo.

Continua após a publicidade

De acordo com o superintendente jurídico, Dr Irondes José, a conversa teve o objetivo de reforçar a  relação institucional com a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, com quem foi  celebrado um convênio em setembro de 2018. “Esse convênio tem com principal objeto  a integração em relação ao Sistema de Saúde, além da inserção na rede regionalizada e hierarquizada das ações e serviços de saúde, visando a garantia da atenção integral aos munícipes”, declarou.

Na ocasião, demonstrando a transparência da nova gestão comandada pela Dr Irani Ribeiro, foi apresentado ao prefeito o balanço dos trabalhos realizados pela Santa Casa de Misericórdia em 2018 e início de 2019. “Consideramos prudente demonstrarmos nossa transparência dos trabalhos que a Santa Casa realizou em 2018 e em 2019”, disse Irondes ao citar o número de atendimentos realizados pelo hospital por meio do Sistema Único de Saúde.

Segundo o balanço da instituição, os quantitativos das atividades da SCMG em relação a SMS demonstram a importância da unidade para Goiânia, foram 9.090 internações, 5.577 cirurgias, 238 cirurgias cardíacas. Em 2019 já foram, 133 cirurgias cardíacas, 798 cateterismos, 347 angioplastias, além de 54 mil consultas, 431.490 exames laboratoriais. “Existe um plano operativo, um tráfego diário entre Santa Casa e SMS”, explicou o superintendente.

Continua após a publicidade

“A Santa Casa deve ser tratada com respeito, pois é uma instituição pioneira em Goiânia que pratica a caridade e que é referência regional no tratamento médico dos cidadãos. É por isso que precisamos empreender todos os esforços para que a Santa Casa continue atendendo os pacientes com segurança”, afirmou o prefeito Iris Rezende.

A unidade que realiza diariamente cerca de 30 cirurgias, atende em torno de 3 mil pacientes ambulatoriais (exames, consultas) e está com todos os 296 leitos ocupados. 72% dos pacientes que chegam ao hospital são moradores de Goiânia.