28 de fevereiro de 2024
Motociclismo

4ª etapa do Goiás MotoGP reúne grande número de pilotos e público

Goias moto gp 14 06 15 foto randel nunes divulgacao fmgTorcida agitada, céu aberto e muita velocidade. Este foi o cenário da 3ª etapa do Goiás MotoGP, disputada durante o domingo (14/6), no Autódromo Internacional de Goiânia. Mais de 140 pilotos vindos de todos os cantos do país se dividiram entre dez categorias.

O destaque da tarde foi o goiano Alessandro Andrade, que venceu com folga a principal categoria, a Superbike Pro. O piloto largou em 2º lugar e foi só uma questão de segundos para assumir a ponta e de lá não sair mais. Com o tempo de 1:29.829, Alessandro ainda somou pontos suficientes para assumir sozinho a liderança geral da categoria, antes dividida com João Ricardo Reis. 

Depois de cruzar a linha de chegada com mais de quatro segundos de diferença do segundo colocado Henrique Castro, Alessandro fez questão de buscar com sua equipe de apoio a bandeira do Estado de Goiás e parar diante da arquibancada para agradecer o público presente que festejava. 

“Você pode rodar as pistas do Brasil todo que não vai encontrar uma torcida como esta aqui, é muito gratificante”, comemorou. “Agora eu preciso trabalhar com muita tranquilidade e concentração para me manter entre os primeiros”, concluiu o líder. O terceiro da SBK Pro foi Kairo Rangel.

A moto de João Ricardo Reis apresentou problemas no motor durante o treino cronometrado de sábado. Mesmo assim, o piloto foi para as pistas neste domingo com outra máquina e conseguiu manter a liderança da categoria Superbike Master. Pela SBK Pro, o goiano ficou com o 6º lugar. “Minha intenção hoje foi acumular pontos para o restante da temporada”, disse.

Estreantes

A expectativa gerada em torno da Superbike Estreante foi superada com profissionalismo. A categoria reuniu e capacitou 11 pilotos que nunca haviam disputado competições oficiais de motovelocidade. 

Foi a chance que Felipe Ferraz, de 25 anos, esperava para começar sua trajetória como piloto. Ele veio de Uberlândia para competir. Teve contratempos na tomada de tempo e acabou largando em último. “Mas cheguei em terceiro, mesmo com minha moto 600cc competindo contra várias de 1000cc. Foi ótimo participar da etapa”, avaliou.

A boa notícia é que, devido ao sucesso, a categoria será mantida no calendário oficial do Goiás MotoGP. “Todos correram com muita segurança, e isso sempre é nossa maior preocupação. Muitos pilotos que não participaram já entraram em contato querendo se inscrever para a próxima, então acredito que a Estreante tem tudo para crescer com as demais categorias”, disse o presidente da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás (FMG), Roberto Boettcher. A 4ª etapa está prevista para o dia 23 de agosto. 

Os vencedores das categorias foram: Alessandro Elias (SBK Pro), João Ricardo Reis (SBK Master), Neuber Henrique (SBK Light), João Ricardo Pereira (600cc), Rodrigo Fontes Martins (SBK Estreante), Cláudio Aleixo (300cc), Rafael Rodrigues (Ninja 300cc), Claudio Aleixo (250cc), Luiz Fernando (150c) e Elisvan Cleiton (135cc).

A 3ª etapa do Goiás MotoGP 2015 é uma realização do Cross Clube de Goiânia, com patrocínio principal de Pirelli, apoio de Mobil, Saga Triumph, Pódio, Saga Motorrad, Saneago, Secima, Governo de Goiás, Ducati Goiânia, MR Motos, Tendas El Shaddai, Moto Aires, WL Retífica, Califórnia Moto Peças e Vidraçaria Morais. A supervisão é da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás (FMG) e da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). 

Confira os melhores tempos da 3º etapa do Goiás MotoGP:

SBK Pro (12 voltas)

1º Alessandro Elias – 18:02.829

2º Henrique Castro – 18:06.965

3º Kairo Rangel – 18:17.028

SBK Master (12 voltas)

1º João Ricardo Reis – 18:27.432

2º João Marcelo Ruiz – 18:50.359

3º Remi Antonio – 18:56.065

SBK Light (12 voltas)

1º Neuber Henrique – 18:29.324

2º Erlon Carlos – 18:49.775

3º João Marcelo – 18:50.359

600cc (12 voltas)

1º João Ricardo Pereira – 18:54.155

2º Julio Cesar Batista – 19:01.385

3º Leopoldo Sulamein – 19:02.085

Estreante (8 voltas)

1º Rodrigo Fontes Martins – 12:35.104

2º Nayguel Lima – 12:36.079

3º Felipe Ferraz Franco – 12:52.037

300cc (12 voltas)

1º Cláudio Aleixo – 22:26.389

2º Vinicius Linhares – 22:41.651

3º Waldemir Gustavo – 22:54.209

Ninja 300cc (12 voltas)

1º Rafael Rodrigues – 21:41.565

2º Bruno Cesar Borges – 21:41.577

3º Wilkson Ribeiro – 21:41.650

250cc (12 voltas)

1º Claudio Aleixo – 22:26.389

2º Waldemir Gustavo – 22:54.209

3º Kleber de Freitas – 23:00.218

150cc (10 voltas)

1º Luiz Fernando da Silva – 19:41.186

2º Danilo Pimentel Campos – 19:45.710

3º Matheus Barbosa Silverio – 19:45.750

135cc (10 voltas)

1º Elisvan Cleiton – 19:43.480

2º Leonardo Carlos Ferreira – 19:43.696

3º Guilherme Augusto de Lima – 20:04.811


Leia mais sobre: Motociclismo

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .