24 de julho de 2024
Inauguração • atualizado em 10/07/2024 às 16:46

Subestação de energia de Jataí vai beneficiar mais de 70 mil consumidores, além de cidades vizinhas

A nova subestação da Equatorial Goiás promete criar condições para atrair investidores internacionais e alavancar a economia da região
O vice-governador Daniel Vilela participou da inauguração da subestação Complexo JK. Foto: Jota Eurípedes
O vice-governador Daniel Vilela participou da inauguração da subestação Complexo JK. Foto: Jota Eurípedes

Foi inaugurada na última terça-feira (9), a subestação de energia de Jataí, chamada de Complexo JK. O investimento em benfeitorias na qualidade do fornecimento de energia para os cidadãos jataienses promete melhores condições também para a instalação de empresas e investidores internacionais. De acordo com o vice-governador Daniel Vilela (MDB), que participou da inauguração, o complexo vai favorecer a economia do Estado.

No discurso de inauguração, Vilela destacou o potencial econômico que o investimento na subestação trará.“Com essa subestação, garantiremos mais segurança para os negócios e vamos mostrar a pujança da nossa região”, enfatizou o vice-governador. E acrescentou: “Jataí está agora preparada e em condições de receber grandes investidores internacionais que querem conhecer as nossas potencialidades, gerando ainda mais emprego e renda para a população do Sudoeste goiano”, disse.

O presidente da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial), Edwal Portilho Tchequinho, também reconheceu a importância da obra para alavancar a capacidade econômica de Goiás. “Isso é infraestrutura energética para agregar valor à matéria-prima e dar condições para levarmos o Sudoeste goiano a outros países.”

A melhoria na qualidade do fornecimento de energia para os cidadãos, para o comércio e para a indústria, principalmente do setor agropecuário, vão permitir que novas empresas sejam recebidas em Goiás. Por meio da nova subestação de energia da Equatorial Goiás, composta por Linha de Distribuição de Alta Tensão (LDAT) a distribuição de energia vai, finalmente, beneficiar mais de 70 mil consumidores de Jataí, além de cidades vizinhas, como Rio Verde, Serranópolis e Chapadão do Céus.

Anteriomente, o município enfrentando problemas com instabilidade e fornecimento de energia, como foi lembrado pelo vice-governador. “Os jataienses, assim como o povo goiano, sofreram por muitos anos. Hoje, ficamos todos muito contentes com esse momento. Lógico que nós não vamos parar de pedir novos investimentos e cobrar para que possam fazer as conexões com essa rede e melhorarmos cada vez mais”, destacou Daniel Vilela.


Leia mais sobre: / / / Notícias do Estado

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.