28 de junho de 2022
Brasil • atualizado em 12/02/2020 às 23:51

Sobe para 2 o número de casos de microcefalia em Goiás; 1.248 no Brasil

Seis casos de morte de crianças com microcefalia, supostamente relacionadas ao zika vírus, são investigadas pelo Ministério da Saúde. No último sábado (28), a relação entre o vírus e o aumento de casos no Brasil foi confirmada. Em todo o Brasil, o número de casos de microcefalia que foram notificados subiu para 1.248 na última semana.

De acordo com o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, os casos foram notificados em 311 municípios de 14 unidades da federação. Em Goiás o número de casos suspeitos subiu para dois desde a úlima semana.

Pernambuco possui 646 casos; Paraíba, 248; Rio Grande do Norte, 79; Sergipe, 77; Alagoas, 59; Bahia, 37; Piauí, 36; Ceará, 25; Rio de Janeiro, 13; Tocantins, 12; Maranhão, 12; Mato Grosso do Sul, um; e Distrito Federal, um.

Continua após a publicidade

“Teremos que ter uma intensificação muito grande no combate ao mosquito e com um chamamento mais intenso da sociedade, pois a ela compete as ações mais intensivas. Os prefeitos devem intensificar a limpeza urbana. Estamos em uma emergência de saúde pública”, afirmou Cláudio Maierovitch.

Uma das formas de tentar se proteger dos mosquitos, lembra o diretor, é o uso de repelentes de insetos disponíveis no Brasil e aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que podem ser usados pelas gestantes. Além disso, Cláudio disse: “Infelizmente, conviveremos com esse problema por mais algum tempo”. 

Com informações da Agência Brasil

Continua após a publicidade

Leia mais:

Leia mais sobre:
Brasil