22 de abril de 2024
Cidades

Simples Nacional: empresas devem solicitar a adesão ao programa até esta quarta (31)

Os processos de adesão ao Simples Nacional devem ser analisados até o dia 31 de janeiro e para concluir os procedimentos, a Prefeitura de Goiânia colocou mais servidores à disposição para atender as demandas dos interessados. A Secretaria de Finanças (Sefin) segue orientando os micro e pequenos empresários para que verifiquem, junto ao Portal do Simples Nacional, a existência de pendências que impeça a adesão.

Caso o interessado em aderir ao Simples Nacional perca o prazo, só será possível solicitar novamente no ano que vem. Segundo o secretário de Finanças de Goiânia, Vinícius Henrique Alves, é necessário eliminar possíveis pendências e débitos com os municípios. “A opção pode ser feita online, no site do Simples Nacional da Receita Federal. Caso o cidadão enfrente dificuldades e problemas de acesso, pode entrar em contato com a nossa equipe de atendimento”, disse.

Um outro meio de aderir ao Simples Nacional é pelo canal de atendimento por endereço eletrônico [email protected], em que o interessado pode enviar a documentação até o prazo final e, caso esteja tudo correto, as empresas serão inseridas no programa. “Essa ferramenta foi colocada à disposição para garantir que todos os interessados consigam resolver as pendências com o município e garantir a adesão ao sistema. Todos os e-mails serão respondidos até a data limite para não prejudicar ninguém”, afirma o secretário.

Simples Nacional

Conforme dados da Receita Federal levantados na última sexta-feira (19), em Goiás foram contabilizadas 30.294 solicitações para aderir ao Simples Nacional, sendo que 20.596 encontram-se pendentes devido a irregularidades e 9.698 tiveram as solicitações deferidas.

Segundo a presidente do Conselho Regional de Contabilidade de Goiás (CRCGO), Sucena Hummel, as empresas que não quitaram os débitos até 30 dias após serem notificadas são excluídas do Simples Nacional no primeiro dia de cada ano. “No entanto, essas empresas têm até 31 de janeiro de cada ano para pedir o regresso ao Simples Nacional, desde que resolvam as pendências em aberto por débitos em aberto ou necessidade de atualização de cadastro”, diz.


Leia mais sobre: / / / / / / Cidades

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.