28 de maio de 2024
Políticas públicas

Setor agropecuário em Goiás gera 6,7 mil empregos em 2024

Dados do Ministério do Trabalho indicam que o setor gerou, somente no mês de março deste ano, 4.146 oportunidades
Número demonstra o crescimento e a importância do agronegócio goiano. (Foto: Enio Tavares e Wenderson Araujo).
Número demonstra o crescimento e a importância do agronegócio goiano. (Foto: Enio Tavares e Wenderson Araujo).

Na agropecuária, Goiás contabiliza a criação de 6.791 vagas no primeiro trimestre de 2024. O número divulgado pela secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento demonstra o crescimento e a importância do agronegócio goiano que, no ano de 2023, empregou mais de 1 milhão de pessoas. Segundo o Instituto Mauro Borges (IMB), houve crescimento de 2,4% na quantidade de empregados na comparação com o ano de 2022.

Dados do Ministério do Trabalho indicam que o setor gerou, somente no mês de março deste ano, 4.146 oportunidades. Conforme explica o secretário da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Pedro Leonardo Rezende, o sucesso é resultado de uma combinação de fatores. “Os investimentos em pesquisa e inovação, a melhoria da infraestrutura rural, os programas de capacitação profissional e de apoio ao crédito, somados aos projetos sociais, são algumas das iniciativas que impulsionam o agro”, citou.

Incentivo ao setor agropecuário

O Crédito Social, que promove a qualificação profissional para geração de emprego e renda, é uma das políticas públicas desenvolvidas para impulsionar o setor agropecuário. O programa disponibiliza cursos de apicultura, olericultura, piscicultura, avicultura, mandiocultura e derivados lácteos para famílias em situação de vulnerabilidade, além de repassar recursos para os beneficiários poderem investir em seus novos negócios.

Já o Projeto de Fruticultura Irrigada do Vão do Paranã, por sua vez, beneficia agricultores familiares do Nordeste goiano, que recebem kits de irrigação e cursos de capacitação em manejo e gestão e, com o apoio do projeto, produzem e comercializam maracujá e manga em suas propriedades. Outro exemplo é o Programa de Aquisição de Alimentos, por meio do qual o Estado adquire os produtos da agricultura familiar.

O sucesso do agronegócio em Goiás é, acima de tudo, fruto do trabalho incansável e da dedicação dos homens e mulheres que atuam no campo.

Pedro Leonardo Rezende

Leia mais sobre: / / / Cidades / Notícias do Estado

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019