20 de maio de 2022
Segunda rodada • atualizado em 05/05/2022 às 19:21

Serviços de limpeza de rua e iluminação pública de Goiânia recebem avaliação positiva em pesquisa Grupom/DG

Foram realizadas 3313 entrevistas entre dezembro de 2021 e fevereiro de 2022
(Foto: Prefeitura de Goiânia)
(Foto: Prefeitura de Goiânia)

A segunda rodada da pesquisa da Grupom Consultoria Empresarial em parceria exclusiva com o Diário de Goiás mediu a avaliação da população goianiense em torno dos serviços de limpeza de rua e iluminação pública prestados pela Prefeitura de Goiânia. Foram realizadas 3313 entrevistas entre dezembro de 2021 e fevereiro de 2022. Ambos os serviços receberam notas medianas de 5,6 pontos entre 1 e 10 levando em conta as quinzenas do levantamento.

A empresa pediu para que os entrevistados avaliassem por meio de notas (0 a 10) cada serviço público prestado pela Prefeitura de Goiânia. O primeiro levantamento da série foi o serviço de coleta de lixo. Também serão mensurados policiamento e segurança, sinalização de trânsito, prédios das escolas municipais, conservação de ruas e avenidas, atendimento à saúde, assistência social, conservação de calçadas, opções de lazer e esportes, transporte coletivo e creche.

Limpeza de ruas

Continua após a publicidade

O serviço de limpeza de rua foi o segundo melhor avaliado de todo o levantamento, ficando com 5,6 pontos de média final, levando em consideração as seis rodadas entre dezembro e fevereiro. Na primeira rodada, a avaliação do serviço foi de 5,34 pontos. Nas duas seguintes, a limpeza viu subir também a média (5,69 e 5,79, respectivamente).

As outras três rodadas, no entanto, o serviço viu a avaliação cair. Na segunda semana de janeiro, o serviço recebeu nota 5,50, seguidos de 5,48 e na segunda semana de fevereiro o serviço acabou despencando na avaliação ficando em 4,31 pontos. A última nota contribuiu consideravelmente para uma média um pouco mais baixa mas ainda acima: 5,6.

Os entrevistados também puderam entregar a avaliação por conceito no qual as pessoas que participam da entrevista indicam o serviço entre péssimo e ótimo. 34% avaliaram o serviço como “bom” e 7,4% como “ótimo”, totalizando 41,4% daqueles que avaliam bem o serviço de limpeza de ruas. 23,9% avaliam o serviço como “regular”. 32,9% avaliam o serviço entre “ruim e péssimo”.

Continua após a publicidade

Veja os percentuais quinzenais do levantamento:

Impacto na avaliação da limpeza das na figura do prefeito Rogério Cruz

O levantamento também perguntou o impacto do serviço de limpeza na imagem do prefeito Rogério Cruz (Republicanos), ou qual a responsabilidade que o mandatário teria sob o serviço. 6,65 deram “ótimo” ao republicano. 5,85 “bom”; 5,25 “regular”; 3,97 “ruim” e 2,90 “péssimo”. Veja o gráfico:

A pesquisa também coletou dados demográficos sobre o serviço que foi melhor avaliado na região Centro-Sul recebendo 5,52 pontos na mediana. A região Oeste foi a segunda melhor avaliada com 4,07 pontos. As regiões Leste e Noroeste ficaram bem distantes da média ideal com 3,88 e 3,70, respectivamente.

Veja a mediana final com o gráfico quantificado na segunda quinzena de fevereiro:

Abaixo, o gráfico linear a partir do começo da pesquisa em dezembro:

Iluminação pública: 31,9% avaliam serviço entre “bom e ótimo”

Na iluminação pública, a avaliação também é mediana e segue próxima ao que foi coletado com a limpeza das ruas. 39,4% avaliam o serviço entre “bom e ótimo” enquanto 27,3% avaliam como “regular”, 31,9% avaliam como “ruim e péssimo”.

Veja abaixo a evolução mediana de dezembro para cá:

Os entrevistados deram para o quesito iluminação pública a nota 5,6 de média, ocorrendo um cenário semelhante ao da limpeza de lixo. O serviço começou em dezembro bem avaliado e ao longo dos levantamentos houve uma queda na avaliação. Em dezembro na primeira etapa, o serviço recebeu 5,49 de nota mas subiu quinze dias depois para 5,92. 

Na primeira semana caiu para 5,63 e duas semanas depois para 5,55. Em fevereiro a avaliação era de 5,49 e na última rodada, despencou para 4,57 finalizando com a média de 5,6. Veja abaixo como ficaram todas as rodadas: 

 A avaliação do Prefeito a partir do serviço iluminação pública

O levantamento também refletiu a nota que o prefeito recebe, individualmente, a partir do serviço de iluminação pública. Dos entrevistados, o prefeito recebeu 7,31 de nota média final, “ótimo”. “Bom”, 5,88. “Regular”, 4,98. “Ruim”, 4,01. “Péssimo”, 3,04. 

A Grupom também mediu o serviço de forma demográfica. A região Centro/Sul teve 5,02 de mediana, enquanto a Leste, 5,00. A Oeste, 4,67 e bem distante esteve a região Noroeste, 3,73.

Veja a evolução por região em toda a pesquisa: