21 de julho de 2024
Destaque

Senador Canedo lança o Reviva Educação, que descentraliza as finanças das unidades escolares

Entrada de Senador Canedo. Imagem: site da prefeitura.
Entrada de Senador Canedo. Imagem: site da prefeitura.

Ocorreu na última terça-feira (5), na UniEvangélica, o encontro dos gestores escolares, coordenadores e técnicos da Secretaria Municipal de Educação. O objetivo era discutir novas modalidades de gestão no tocante às verbas públicas, assim tornando possível melhorar pontos da alimentação, manutenção predial, conformidade, custeio e capital.

O Reviva Educação seguirá como política de estado permanente a partir de agora, segundo a prefeitura. Ainda em 2021, a previsão é que todas as unidades escolares do município recebam esses recursos — que será um repasse de cerca de R$ 6 milhões.

A superintendente de Gestão Administrativa e Financeira, Maria Aparecida Cunha, sublinha o quão importante é essa política de decentralizar trabalhos na administração desta pasta.

“O objetivo primário é que toda a comunidade escolar participe do processo de gestão, é algo que vem sendo incentivado desde a década de 90, para que dessa forma teremos uma política pública descentralizada, que facilita inclusive a fiscalização e o bom funcionamento das instituições de ensino”, pontua.

O secretário municipal de Educação e Cultura, Marcelo Costa, avalia o impacto do programa a curto, médio e longo prazo.

“O Reviva Educação tem um papel muito importante no desenvolvimento da comunidade escolar. A curto prazo atua no fortalecimento da gestão escolar, tornando gestores mais fortes, autônomos, capazes de interagir com a comunidade, a médio prazo, auxilia no fortalecimento de fornecedores, vizinhança, comerciantes e desenvolve um laço de cuidado entre comunidade e escola. A longo prazo, a manutenção preventiva de todas as instituições, trará unidades mais bem cuidadas, com insumos necessários para funcionarem, trazendo mais espaço para que gestores, coordenadores e professores possam se dedicar mais à parte pedagógica”, diz Marcelo.

A Educação disponibilizará para todos os gestores das unidades escolares, bem como para a presidência dos Conselhos Escolares, uma cartilha explicativa com bastante infográficos mostrando o passo a passo de cada um dos recursos. Neste primeiro ano de programa, todas as instituições públicas de Senador Canedo receberão na frente Manutenção Predial o teto de R$ 50 mil, a serem utilizados em planejamento e parceria com a Diretoria de Manutenção Escolar.

As verbas de alimentação deverão ser destinadas à compra de kits de alimentação, que enfrentará o problema de acesso à alimentação e ajudará no aquecimento do comércio local, acredita a prefeitura.

A frente denominada “conformidade” tem como objetivo disponibilizar recursos para a instituição realizar manutenção preventiva de calhas, limpeza de caixa d’água, limpeza de caixas de gordura, roçagem, dentre outros.

Na frente denominada custeio e capital, o repasse é destinado a compra de materiais pedagógicos, compra de materiais permanentes e serviços de contabilidade.


Leia mais sobre: / Destaque / Senador Canedo