22 de maio de 2024
Política • atualizado em 05/06/2020 às 11:37

“Sempre fomos amigos e morreremos amigos”, diz Bolsonaro a Caiado

Presidente e governador se cumprimentam na inauguração do hospital de Águas Lindas. (Foto: Reprodução/TV Brasil)
Presidente e governador se cumprimentam na inauguração do hospital de Águas Lindas. (Foto: Reprodução/TV Brasil)

O governador Ronaldo Caiado e o presidente Jair Bolsonaro deram claros sinais de reaproximação na manhã desta sexta-feira (5), na inauguração do hospital de campanha de Águas Lindas de Goiás. Após um discurso de Caiado repleto de agradecimentos ao governo federal, Bolsonaro não poupou sorrisos em seu momento de fala e disse que sempre será amigo do governador.

O presidente chegou a dizer que não pretendia discursar e teria indicado o líder do governo, Major Vitor Hugo, para falar. No entanto, alega que mudou de ideia após a exposição de Caiado.

“Depois de ouvir o Caiado, me animei. Com suas palavras amáveis e verdadeiras, me tocou. Sempre fomos amigos e morreremos amigos. Afinal de contas, isso começou lá atrás. Quando você sequer sabia que eu existia, te vi num carro de som, na região da Cinelândia, no Rio de Janeiro, disputando a Presidência da República. Confesso que você me emocionou naquele momento e me identifiquei muito contigo”, afirmou Bolsonaro.

Ao fim da cerimônia, ainda no discurso, Bolsonaro revelou que virá ao estado de Goiás neste sábado (6) para atirar e convidou o governador a acompanhá-lo. “Amanhã volto a Goiás de forma informal, na região de Formosa, para dar uns tiros. Tá convidado, Caiado”, disse o presidente.


Leia mais sobre: / Destaque 2 / Política