20 de julho de 2024
Estado de saúde • atualizado em 09/01/2023 às 22:43

Sem dar detalhes, Bolsonaro publica foto em cama de hospital e diz que passou por ‘nova aderência hospitalar’

No entanto, o jornal O Estado de Minas revelou que Bolsonaro já não está mais internado no hospital
Ex-presidente Jair Bolsonaro em uma cama hospitalar (Foto: Divulgação/Redes Sociais/Instagram)
Ex-presidente Jair Bolsonaro em uma cama hospitalar (Foto: Divulgação/Redes Sociais/Instagram)

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) publicou uma foto nas redes sociais nesta segunda-feira (09/01) e disse que foi submetido no dia de ontem (08/01) a uma “nova aderência e baixa hospitalar” em Orlando, nos Estados Unidos. O político não disse se teve alta ou continua internado.

Mais cedo, nesta segunda-feira (08/01) o jornal Estado de Minas revelou que chegou a entrar em contato com o Florida Advent Health Celebration, nos Estados Unidos, hospital que o ex-presidente teria dado entrada ontem. 

LEIA TAMBÉM: Sob risco de ser deportado, Bolsonaro terá de mudar o visto se quiser permanecer nos Estados Unidos

Inicialmente, o colunista Lauro Jardim, do O Globo, havia revelado que após sentir fortes dores abdominais o ex-presidente havia sido submetido a internação no Hospital. A informação foi confirmada mais tarde pela esposa de Bolsonaro, Michelle Bolsonaro. 

No entanto, após contato com a reportagem do jornal o Estado de Minas, o Florida Advent Health Celebration negou a internação do ex-presidente. Ao veículo, o setor de internação do hospital negou que tenha algum paciente com o nome de Jair Bolsonaro.

Ainda de acordo com a publicação, a reportagem precisou soletrar o sobrenome de Bolsonaro para obter a confirmação. Mais cedo, Michelle disse que a suposta internação seria decorrente da facada que o marido sofreu em setembro de 2018.

A suposta internação ocorre horas após bolsonaristas invadirem e depredarem a sede dos 3 Poderes em Brasília. Apontado como um dos principais incentivadores dos atos terroristas que assombram o Distrito Federal neste domingo (8), o ex-presidente agora terá de lidar com a pressão política. O senador Renan Calheiros (MDB-AL) já pediu a extradição de Bolsonaro que, sem o visto presidencial, deverá retornar o Brasil.


Leia mais sobre: / / Geral

Domingos Ketelbey

Jornalista e editor do Diário de Goiás. Escreve sobre tudo e também sobre mobilidade urbana, cultura e política. Apaixonado por jornalismo literário, cafés e conversas de botequim.