23 de julho de 2024
Cidades

Secretário diz que pode ter visto Lázaro Barbosa

Cerco a Lázaro em Cocalzinho. (Foto: SSP-GO)
Cerco a Lázaro em Cocalzinho. (Foto: SSP-GO)

Lázaro Barbosa, apontado como responsável pela chacina que vitimou quatro pessoas de uma mesma família no Distrito Federal, pode ter sido visto nesta sexta-feira (18) por policiais.

O próprio secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, que comanda a operação, diz tê-lo visto em uma área de vale no distrito de Girassol, em Cocalzinho de Goiás.

“A visualização foi de longe. Tenho quase certeza que eu cheguei a vê-lo a 1 km de distância do outro lado de um vale”, disse.

Até esta quinta-feira (17), a polícia acreditava que Lázaro estava ferido, uma vez que foi encontrado um pano ensanguentado na mata. Porém, Miranda diz não estar certo sobre o ferimento. “A movimentação dele foi de uma pessoa que estivesse ferida nas pernas, mas não deu para ver o resto”, completou.

A força-tarefa, que tem 270 policiais, montou uma barreira na BR-070, que dá acesso a Águas Lindas de Goiás. No entanto, por ora, o secretário de Segurança Pública descarta que ele esteja fugindo para lá.

Neste sábado (19) a força-tarefa entra no 11º dia de buscas pelo serial killer. O comando da operação diz que reduziu o perímetro e o cerco está se fechando. Ao longo desta semana, Lázaro trocou tiros com a polícia duas vezes, fez três reféns e invadiu propriedades rurais em Cocalzinho de Goiás.

“Cada dia a gente o conhece mais. Cada dia a gente conhece mais o terreno. Cada dia a nossa tropa está mais preparada”


Leia mais sobre: / / Cidades / Destaque 2