19 de julho de 2024
Ampliação • atualizado em 14/03/2023 às 16:04

Sebrae Goiás planeja atingir a marca de 2 milhões de atendimentos até 2026

Em 2022 o Sebrae bateu o recorde e atingiu mais de 440 mil atendimentos, segundo o presidente do CDE
Nesta manhã o Sebrae lançou a revista Empreender Mais. (Foto: Reprodução/ Rede social)
Nesta manhã o Sebrae lançou a revista Empreender Mais. (Foto: Reprodução/ Rede social)

A atual gestão do Sebrae Goiás planeja atingir a marca de 2 milhões de atendimentos a pequenas empresas nos 246 municípios do Estado, até 2026. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (14) pelo presidente do Conselho Deliberativo Estadual, José Mário Schreiner, e diretores executivos, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, João Carlos Gouveia e Marcelo Lessa.

De acordo com Schreiner, é preciso trabalhar diretrizes para efetivar a ampliação empreendedora nos pequenos municípios e distritos que precisam da mão estendida do Sebrae. “Nesse momento de dificuldade que o próprio país passa, é onde o Sebrae faz a diferença levando conhecimento, gerando emprego, gerando renda e melhorando a qualidade de vida das pessoas”, salienta.

Em 2022 o Sebrae bateu o recorde e atingiu mais de 440 mil atendimentos, segundo o presidente do CDE. Portanto, para alcançar a meta de 2 milhões, Jose Mário explica que é preciso aumentar as parcerias com instituições, associações, sindicatos entre outros.

“Muitas vezes a gente imagina que só cidades maiores tem empreendedores. Não, muito pelo contrário, somos 246 municípios, então mais de 600 localidades e distritos que temos no Estado, também precisam desse atendimento no Sebrae”, reforça.

Ainda segundo Schreiner, um dos focos do Sebrae, será a atuação junto aos microempreendedores Individuais (MEIs). “O Sebrae tem uma expertise muito grande e está apoiando, principalmente os MEIs. É muito importante trazer esse empresário para a formalidade para que ele possa ter o seu CNPJ. Essa é uma missão do Sebrae”, ressaltou.

O Diretor Superintendente, Antônio Carlos de Souza lima Neto, explica que no ano passado, o Sebrae aplicou 89% dos recursos nas atividades-fim, que são os atendimentos. “Isso significa que somos o número um do Brasil e que temos expertise para evoluir cada vez mais. Graças ao nosso trabalho transparente e à nossa equipe de colaboradores, terceirizados e prestadores de serviços, podemos comemorar esse resultado e conquistar os próximos”, disse.

Já o Diretor Técnico, Marcelo Lessa, explica que a instituição incrementou a estrutura e ampliou todo corpo técnico com novos agentes para ampliação do atendimento. “Nós possuímos hoje diversos programas e soluções e podemos ajudar o empreendedor a não só sobreviver, mas potencializar seu negócio com ferramentas digitais, de gestão, planejamento e organização financeira, e isso dá condições para que o empresário mantenha seu negócio”, disse.

Revista Empreender Mais

Ainda durante evento nesta manhã, o Sebrae lançou também a revista Empreender Mais. Esse é mais um canal de comunicação que mostra as boas práticas e as ideias construtivas que estimulam o potencial empreendedor que existe em cada indivíduo.

Assim, a proposta da revista é divulgar projetos, abordar tendências, inovações, ouvir parceiros e contar histórias bem sucedidas de homens e mulheres goianas que buscaram o apoio do Sebrae e conseguiram colocar em prática as lições que o empreendedorismo pode oferecer para quem se propõe a querer mais, produzir mais, gerar emprego e possibilitar renda para si e para outras pessoas.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Empresas e Negócios

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.