14 de agosto de 2022
Bolsonarismo goiano • atualizado em 28/07/2022 às 06:56

Se Jair Bolsonaro votasse em Goiás, acho que ele votaria em mim, diz Gustavo Mendanha

Em entrevista à Jovem Pan News, pré-candidato a governador do Patriota também criticou Alexandre de Moraes e o TSE
Para Gustavo Mendanha, Ronaldo Caiado é "bom parlamentar" e "péssimo governador" (Foto: Reprodução/YouTube)
Para Gustavo Mendanha, Ronaldo Caiado é "bom parlamentar" e "péssimo governador" (Foto: Reprodução/YouTube)

O pré-candidato a governador Gustavo Mendanha (Patriota), disse, durante entrevista ao programa Headline, da Jovem Pan News, na noite de terça-feira (26/07), que, se o presidente Jair Bolsonaro (PL) fosse eleitor de Goiás, acredita que teria o seu voto.

Questionado sobre quem é o candidato de Bolsonaro no estado, Mendanha respondeu o seguinte: “Major Vitor Hugo [PL], mas eu acredito que, se o presidente votasse aqui, ele votaria em mim”.

O ex-prefeito de Aparecida de Goiânia também fez críticas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que, segundo ele, estaria “usurpando funções”, bem como ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. “Presta um desserviço para a nação”, afirmou.

Continua após a publicidade

LEIA TAMBÉM: Jair Bolsonaro confirma presença na convenção do PL em Goiás, marcada para 29 de julho

Em relação a Ronaldo Caiado (União Brasil), seu principal adversário nas próximas eleições, Mendanha o classificou como “bom parlamentar” e “péssimo governador”.