21 de maio de 2022
Tecnologia

Se a Netflix fosse um país, já seria maior que a Grã-Bretanha

São Paulo, 22 (AE) – Foi divulgado que o número de clientes da Netflix teve uma alta maior do que era esperado no último trimestre. As projeções eram de um acréscimo de 2,5 milhões de assinantes.

Os resultados, porém, indicam que houve um aumento de 3,3 milhões. De acordo com documentos da empresa, a Netflix agora já possui mais de 65 milhões de clientes em todo o mundo, sendo 42 milhões deles apenas nos EUA.

Continua após a publicidade

O principal rival da empresa de streaming de filmes – o Hulu – tem apenas 9 milhões de assinantes. Em uma comparação feita pelo jornal Washington Post, se a Netflix fosse um país, já ocuparia o 21º lugar na lista de maiores países do mundo no quesito de população.

Com os 65 milhões de assinantes, ela superaria a Grã-Bretanha – que, no último censo, tinha pouco mais de 63 milhões de habitantes – e ficaria muito perto de tomar o 21º lugar da França.

Em comparação com o Brasil, a Netflix já possui o equivalente a quase 35% da população brasileira. Além disso, se os assinantes fossem habitantes, a empresa já seria maior que São Paulo. 

Continua após a publicidade

 

(Estadão Conteúdo)

Leia mais sobre:
Tecnologia