23 de abril de 2024
Depois do Carnaval

Saúde pode avaliar uso obrigatório de máscaras em Goiás em março

Pasta reforça importância da utilização do equipamento de proteção, mas diz que obrigatoriedade pode ser revista após análise de indicadores
Uso de máscara segue obrigatório, mas pode ser revisto. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Goiânia)
Uso de máscara segue obrigatório, mas pode ser revisto. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Goiânia)

A Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO) pode analisar a flexibilização do uso de máscaras na segunda quinzena de março. Ao DG, a pasta explicou que a obrigatoriedade do uso do equipamento segue durante o Carnaval, mas há chance de que a medida seja debatida duas semanas após as festividades.

“Qualquer cenário de flexibilização em Goiás só será avaliado após duas semanas do feriado de Carnaval, com análise se o período ocasionou em novo crescimento da contaminação pelo vírus”, explicou a pasta.

A SES-GO pede que as pessoas mantenham a utilização do equipamento para evitar um recrudescimento da pandemia de covid-19 no estado.

Em Goiás, poucas cidades desobrigaram o uso de máscaras ao ar livre. A maior entre elas é Anápolis, que tomou a decisão há duas semanas.


Leia mais sobre: / Cidades