15 de agosto de 2022
Política

Saneago suspende reajuste da tarifa de água durante a pandemia

Suspensão do reajuste foi confirmada pelo presidente da Saneago em entrevista para a TBC, ao lado de Caiado (foto divulgação)
Suspensão do reajuste foi confirmada pelo presidente da Saneago em entrevista para a TBC, ao lado de Caiado (foto divulgação)

O governador Ronaldo Caiado e o presidente da Companhia Saneamento de Goiás (Saneago), Ricardo Soavinski, confirmaram nesta terça-feira (26/5) que não haverá reajuste da tarifa de água em Goiás. enquanto durar a pandemia do Coronavírus. “Não teve e não vai ter, neste momento, nenhuma alteração de tarifa de água aqui no Estado”, reforçou Soavinski durante live das emissoras da Agência Brasil Central (ABC).

O presidente da Saneago explicou que este ano houve um estudo sobre a tarifa, o que geralmente ocorre a cada quatro ou cinco anos. A metodologia foi enviada à Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização (AGR), órgão responsável por definir se haverá ou não revisão tarifária.

“Já tratamos com agência reguladora que não cabe, no meio da pandemia, fazer um reajuste”, continuou, reforçando que o compromisso do Governo de Goiás é auxiliar o cidadão, a exemplo da suspensão do corte de água por inadimplência em meio ao período de isolamento social.

Continua após a publicidade

Soavinski garantiu que a Saneago já está desenvolvendo um programa para renegociação de débitos referentes à inadimplência durante a pandemia, que deve ser lançado quando o Estado deixar a situação de emergência na saúde pública. E pediu: “Quem puder, mantenha os pagamentos em dia. A Saneago funciona exclusivamente a partir dos recursos da tarifa”.

Quanto aos boatos sobre o reajuste, Caiado reagiu ao afirmar que “isso é fake news. Tem gente que vive de fake news”, frisou o governador ao rechaçar a informação falsa que circulou nas redes sociais, alarmando a população sobre reajuste.

Leia mais sobre:
Destaque Política