20 de maio de 2024
Tempo

Saiba quando frente fria começa a baixar temperaturas no Brasil; Em Goiás, chuvas devem continuar

Mudanças no tempo começam nesta quarta-feira (10)
A previsão para o Centro-Oeste, especificamente em Goiás, é de continuidade das pancadas de chuva. (Foto: Carlos Nathan Sampaio)
A previsão para o Centro-Oeste, especificamente em Goiás, é de continuidade das pancadas de chuva. (Foto: Carlos Nathan Sampaio)

Uma massa de ar frio vinda da Argentina está prestes a provocar mudanças significativas no clima do Brasil nesta semana. Se trata de uma frente fria que pode começar a derrubar as temperaturas no país. Porém, inicialmente, o impacto será sentido no Sul e parte do Sudeste do país, onde se espera chuvas intensas a partir desta quinta-feira (11).

No decorrer do dia de quarta-feira, a nebulosidade tende a aumentar no centro e leste do Rio Grande do Sul, enquanto as chances de chuvas fortes se elevam tanto no sul quanto no norte de Santa Catarina. Essas mudanças são previstas pela empresa Climatempo, que alerta para os efeitos da frente fria que, posteriormente, alcançará o Sudeste na noite de quinta-feira (11). Espera-se, então, pancadas de chuva e uma diminuição nas temperaturas, o que se intensificará ao longo da sexta-feira (12).

Em São Paulo, por exemplo, a máxima, que alcançará 30°C na quarta-feira, cairá para 26°C na sexta-feira, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Apesar das chuvas que ocorreram nas últimas noites na capital paulista, espera-se um volume menor de precipitação ao longo do dia de quarta-feira, mantendo o clima abafado, com uma umidade relativa do ar em torno de 60%, conforme informações do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura de São Paulo.

No entanto, enquanto a frente fria traz mudanças para o Sul e Sudeste, a previsão para o Centro-Oeste, especificamente em Goiás, é de continuidade das pancadas de chuva ao longo desta quarta-feira (10) em diante. Segundo a Climatempo, espera-se chuvas persistindo na região de Cuiabá e na divisa entre Mato Grosso e Goiás.


Leia mais sobre: / / / Brasil

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.