28 de junho de 2022
Economia

Saiba as datas de vencimento do ITU e IPTU 2019 em Goiânia

Foto: Arquivo Diário de Goiás
Foto: Arquivo Diário de Goiás

Foi divulgado no Diário Oficial do Município, o calendário fiscal de Goiânia, relativo ao ano de 2020. O instrumento fixa as datas de vencimento dos tributos municipais, por exemplo, ITU E IPTU. O valor mínimo da parcela do IPTU e ITU não será inferior a R$ 26,28 (vinte e seis reais e vinte e oito centavos).

Continua após a publicidade

As regras para 2020 relativo ao pagamento dos dois impostos citados serão as mesmas de 2019, já que a prefeitura não deu continuidade na tramitação do projeto de atualização do código tributário em que estavam previstas alterações nas regras de cálculo do ITU e IPTU.

calendario iptu

Janeiro

Continua após a publicidade

20 de janeiro:  Vencimento da parcela única ou da primeira parcela do ITU

Fevereiro

20 de fevereiro: Vencimento da segunda parcela do ITU. Vencimento da parcela única ou da primeira parcela do IPTU

Março

20 de março: Vencimento da terceira parcela do ITU. Vencimento da segunda parcela do IPTU.

Abril

22 de abril: Vencimento da quarta parcela do ITU. Vencimento da terceira parcela do IPTU.

Maio

20 de maio: Vencimento da quinta parcela do ITU. Vencimento da quarta parcela do IPTU.

Junho

22 de junho: Vencimento da sexta parcela do ITU. Vencimento da quinta parcela do IPTU.

Julho

20 de julho: Vencimento da sétima parcela do ITU. Vencimento da sexta parcela do IPTU.

Agosto

20 de agosto: Vencimento da oitava parcela do ITU. Vencimento da sétima parcela do IPTU.

Setembro

21 de setembro: Vencimento da nona parcela do ITU. Vencimento da oitava parcela do IPTU.

Outubro

20 de outubro: Vencimento da décima parcela do ITU. Vencimento da nona parcela do IPTU.

Novembro

20 de novembro: Vencimento da décima primeira parcela do ITU. Vencimento da décima parcela do IPTU.

Dezembro

21 de dezembro: Vencimento da décima segunda parcela do ITU. Vencimento da décima primeira parcela do IPTU.

 

Leia mais

IPTU de 2020 terá mesmas regras de 2019, define Prefeitura de Goiânia

Leia mais sobre:
Economia