27 de fevereiro de 2024
Sensatez

Em entrevista a podcast, Ronaldo Caiado diz que votaria a favor da indicação de Flávio Dino ao STF

A sabatina está marcada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para a próxima quarta-feira, dia 13 de dezembro
O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, em entrevista ao podcast 'Reconversa'. (Foto: Reprodução/Reconversa)
O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, em entrevista ao podcast 'Reconversa'. (Foto: Reprodução/Reconversa)

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), afirmou recentemente que, caso ainda fosse senador da República, votaria a favor da indicação do ministro da Justiça, Flávio Dino, ao Supremo Tribunal Federal (STF). A fala foi dita nesta terça-feira (5), durante entrevista ao podcast “Reconversa”, apresentado pelos jornalistas Reinaldo Azevedo e Walfrido Warde.

Caiado, que é aliado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o apoiou nas eleições de 2022, ao ser perguntado sobre seu o que achava do nome proposto pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para ocupar a vaga da ex-ministra Rosa Weber, que se aposentou, na Suprema Corte, disse que daria “aval” a Flávio Dino.

O chefe do Executivo goiano chegou a dizer que “gostar ou não” de Dino não significa desmerecê-lo e que o atual ministro da Justiça “tem mais do que tudo essas credenciais” para estar no STF. “Gostar ou não gostar é uma coisa. Agora, você não pode desconhecer a inteligência das pessoas, você não pode desmerecer a capacidade das pessoas, intelectual, a formação, a inteligência das pessoas”, disse.

“Lógico que votaria sim. Não votaria contra de maneira nenhuma. Convivi muito com ele (Flávio Dino) e você pode até não concordar com as posições dele, uma ou outra. Agora, em termos de conhecimento, de cultura, de conteúdo: é um cidadão que tem estofo para estar no Supremo. Não tenho dúvida”, completou Ronaldo Caiado.

Vale lembrar que, mesmo com tais falas, Caiado continua declaradamente simpatizante de Jair Bolsonaro e, inclusive, deve estar ao lado do ex-presidente na Argentina neste domingo (10), para a posse do presidente eleito Javier Milei.

Ainda sobre a sabatina de Flávio Dino para o STF, assim como a de Paulo Gonet, para a Procuradoria-geral da República (PGR), ela está marcada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para a próxima quarta-feira, dia 13 de dezembro.

Leia também: Ronaldo Caiado participa de debate sobre questões polêmicas da Reforma Tributária


Leia mais sobre: / / / Política

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.